Arquivo da tag: livros

A raiva nada mais é do que a nossa perda de controle nas situações

Por Isaias Costa

Lendo o interessante livro “Psicologia da alma” do autor Joshua David Stone, fiquei encantado com uma perspectiva sobre o sentimento de raiva que até esse momento ainda não tinha parado pra pensar e venho compartilhar com todos vocês nesse texto. Ele diz no livro que toda raiva nada mais é do que a perda de controle nas situações do dia a dia e a tentativa de recuperar esse controle! Uau! É muito verdadeiro isso! Fiquei pensando em muitas situações nas quais eu me deixei dominar pela raiva e percebi que em 100% dos casos se verificou que foi uma perda do controle da situação!

Trarei aqui alguns exemplos genéricos e um que aconteceu comigo na mesma semana na qual escrevi esse texto! Pense num pai ou numa mãe que fica com raiva do filho ou filha após eles terem feito alguma danação! O que essa raiva representa? Que eles perderam o controle da situação e queriam que os filhos se comportassem de outra forma. A tentativa de recuperar o controle pode ser das mais diversas, pode ser uma simples conversa com eles, ou um sermão mais ríspido, ou mesmo colocá-los de castigo por um tempo.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

“Corpo baixando barreiras” – uma técnica poderosa de auto-aperfeiçoamento

Por Isaias Costa 

1535113468-5b7ff93b0cc75_paaginas_1_2_e_3_find_terapias_integrativas_barras_de_access

Eu venho me aprofundando no autoconhecimento há muitos anos e uma das linhas terapêuticas que estou estudando é a “Barra de Acess”. Quero nesse texto abordar uma técnica poderosa para o auto-aperfeiçoamento e que certamente pode lhe ajudar.

Todos nós desenvolvemos muitas travas e resistências à medida que vamos saindo da infância e adentrando o desafiador mundo adolescente e adulto. Não é à toa que cada vez mais se tem investido e divulgado diversas linhas terapêuticas.

Assim como todo mundo, eu cresci desenvolvendo diversas travas, principalmente ligadas à timidez e autocentramento. Já como adulto, precisei fazer muita terapia para ir pouco a pouco vencendo essas barreiras. Algumas das terapias que já fiz e recomendo são: Psicanálise, Radiestesia Radiônica, Cura Reconectiva, Psicomotricidade, Florais, Reiki, Massoterapia, Cromoterapia, Barra de Acess entre outras.

=> Clique aqui para ler o texto completo

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Precisamos estar vivos e saudáveis para a Economia girar

Por Isaias Costa

documentario-humanos-divulgacao

A médica geriatra Ana Claudia Quintana Arantes, autora do best-seller “A morte é um dia que vale a pena viver”, participou recentemente de um excelente podcast da Jovem Pan chamado 45 minutos no primeiro tempo e uma de suas falas considero uma reflexão de extrema importância para todos nós: o valor imenso da vida frente à Economia. Ou seja, só existe Economia se antes houver seres humanos íntegros e saudáveis. Leia com bastante atenção!

**********

“Quando se fala das consequências da vida social que a gente vai ter: profissional, financeira, econômica, administrativa… ela vai sofrer consequências do luto.

Quem vai faltar no trabalho não é só a pessoa que morreu. Quem vai faltar no trabalho é a pessoa que morreu e todo mundo que a amava. Que, se for trabalhar, não vai trabalhar direito.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Os remédios não curam nossas doenças

Por Isaias Costa

vicio-remedios

Eu adoro estudar a mente humana e seus processos de somatização, que é a manifestação de doenças no corpo oriundas de desequilíbrios mentais ou emocionais. No momento em que escrevo esse texto, estou lendo um livro excelente do Prof. Wallace Lima chamado “Dê um salto quântico na sua vida”, e um trecho especial me gerou inquietantes reflexões. Vejamos!

“O currículo na área da saúde é desenhado para que quando as pessoas adoeçam nunca aprendam a evitar adoecer novamente no futuro. Por isso, o médico não pode ser ensinado sobre prevenção nem sobre as causas das doenças. O papel do médico passa a ser o de receitar os remédios que a indústria diz serem os melhores e, assim, ele se transforma, com a credibilidade que o diploma lhe confere, na força motriz dessa indústria, e possibilita que ela cresça cada vez mais, pois os remédios, além de não curar, também provocam mais adoecimentos através dos danosos efeitos colaterais que provocam, já que não é um produto da natureza e o corpo humano rejeita tudo o que é estranho ao seu convívio”.

Wallace Lima

=> Clique aqui para ler o texto completo

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma gota de amor é mais que um oceano de intelecto

Por Isaias Costa

1555521810Untitled design

“Uma gota de amor é mais que um oceano de intelecto”

Blaise Pascal

Essa frase atribuída a esse grande pensador francês Blaise Pascal é muito verdadeira e profunda. Vivemos num mundo onde muitas vezes o intelecto é colocado em primeiro plano e o amor é jogado de escanteio.

Um gesto de amor, por menor que seja, tem uma reverberação infinitamente maior do que o intelecto por si só. Claro que ele tem sua importância, mas se ele não estiver de mãos dadas com o amor, se torna pura arrogância, podendo causar bem mais danos do que benefícios.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Frankenstein: A síntese de um monstro

Por Paulo Ricardo 

_99288227_karloff-2

Frankenstein é um daqueles livros que quase todo adolescente já leu e conhece de cabo a rabo. A história do monstro de Mary Shelley foi inicialmente contada em um desafio, entre ela, seu marido e o amigo dele. Tudo se passou em uma noite de inverno nos Alpes, o amigo de seu marido, o poeta Lord Byron sugeriu que cada um deles elaborassem uma história de terror e contassem. Mary elaborou uma narrativa com um monstro e um médico, o enredo foi tão bom que aos seus 21 anos o livro já estava publicado.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Livros prorrogam minha existência e impedem que eu caia nas malhas no banal

Por Isaias Costa

biblioteca

Estou publicando esse texto na mesma semana em que se faz memória aos 80 anos da partida do pai da Psicanálise Sigmund Freud. Ele morreu no dia 23/09/1939 aos 83 anos nos deixando um legado imenso e uma obra extremamente frutífera.

Até escrevi nas redes sociais que espero viver pelo menos até os 100 anos para conseguir ler a sua obra completa, que dá mais de 7000 páginas.

Refletindo sobre tudo isso encontrei algumas lindas palavras da escritora carioca Nélida Piñon que me inspiraram muito. Confira!

******

“Nasci escritora, nasci leitora. Os traços e as idiossincrasias, inerentes a ambos os estados, acompanham-me sempre. Já na infância, tinha apetite pelas palavras, escritas ou faladas. Olhava os escritores de forma agradecida. Aqueles seres, responsáveis pelos livros de lombadas atraentes e capas coloridas, forravam seu imaginário com feno e sonhos. Livros que me prorrogavam a existência e impediam que caísse nas malhas do banal.”

Nélida Piñon – Aprendiz de Homero

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A tristeza tem o aspecto didático da aceitação do fim de um ciclo

Por Isaias Costa

tristeza

O pranto, às vezes, é como a chuva tão esperada pela semente escondida no leito do humo. Dele a vida faz brotar.”

Prof. Hermógenes

Essa linda frase do livro “Mergulho na paz” do Prof. Hermógenes é muito verdadeira e profunda. Traz um olhar metafísico para o significado da tristeza e do choro na nossa vida.

Existem diversos tipos de choro, o da tristeza é o mais comum, porém, tem o choro de felicidade, de superação dos limites, o que vem das risadas intensas. Assim como existem os choros manipuladores, melindrosos etc.

Por isso que o autor da frase fez questão de escrever a expressão “às vezes”, porque existe essa amplidão de choros!

=> Clique aqui para ler o texto completo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O pensamento vê o mundo melhor que os olhos

Por Isaias Costa

mente-borboletas

“O pensamento vê o mundo melhor que os olhos. O pensamento atravessa as cascas e alcança o miolo das coisas. Os olhos só acariciam as superfícies. Quem toca o bem dentro de nós é a imaginação”.

Bartolomeu Campos de Queirós

Essa linda passagem do livro “O olho de vidro do meu avô”, de autoria desse incrível escritor mineiro, traz diversas reflexões interessantes. Acredito que para as pessoas mais idosas talvez traga até certo saudosismo do tempo em que não existia televisão…

Antigamente, as novelas eram transmitidas por rádio e suas histórias se desenrolavam tais quais as novelas atuais, com essa preciosa diferença na qual todas as cenas eram imaginadas pelos ouvintes. Por exemplo, a personagem Teresa, que se casaria com o Marcos, era imaginada de um jeito diferente por cada pessoa, e isso fazia com que existisse uma forma muito peculiar e criativa de se acompanhar uma novela.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma lição de Albert Einstein para superar queixas e ressentimentos

Por Isaias Costa

einstein-900x688

O genial físico do século XX Albert Einstein nasceu no dia 14 de março de 1879. Estou publicando esse texto exatamente no dia do seu aniversário. Sou fã desse senhor que revolucionou a Física, mas que bem além dos cálculos e números, ele tinha muita sabedoria e escreveu textos bastante reflexivos, com teor filosófico, político, sociológico, educacional etc.

Lendo o seu livro intitulado “Como vejo o mundo”, determinado trecho que me fez refletir bastante e ajudou na inspiração desse texto que você lê agora.

Ele apresenta uma resposta para um manuscrito que recebeu de uma professora que passou muitos anos tendo sérias dificuldades de convívio com seus colegas de profissão. Seu manuscrito é repleto de lamentações e queixas em relação a como os outros viam sua forma de ser e de se comportar. O quanto eles se incomodavam com sua presença e por aí vai.

=> Clique aqui para ler o texto completo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized