Arquivo da tag: Mario Sergio Cortella

8 sábios conselhos de Shakespeare mais atuais do que nunca

Por Isaias Costa

1-LtJ0Cjo0ocfxeeF7EelgLg

William Shakespeare foi e ainda é considerado um dos maiores poetas e dramaturgos de todos os tempos. Sua sabedoria e genialidade de escritos são atemporais. Acredito que mesmo que ele seja lido ainda por séculos continuará sendo atual.

Nos últimos dias, assisti a um trecho de uma palestra do filósofo e escritor Leandro Karnal falando sobre o livro Hamlet de Shakespeare e nesse trecho ele fez um comentário sobre 8 sábios conselhos preferidos por Polônio a Laertes, personagens dessa peça. Farei uma breve reflexão a partir desses 8 conselhos, que foram transcritos logo abaixo, juntamente com esse vídeo. Confira…

1) Não expressar tudo o que se pensa.

2) Ouvir a todos, mas falar com poucos.

3) Ser amistoso, mas nunca ser vulgar.

4) Valorizar amigos testados, mas não oferecer amizade a cada um que aparecer a sua frente.

5) Evitar qualquer briga, mas se for obrigado a entrar numa, que seus inimigos o temam.

6) Usar roupas de acordo com sua renda, sem nunca ser extravagante.

7) Não emprestar dinheiro a amigos, para não perder amigos e dinheiro.

8) Ser fiel a ti mesmo, e jamais serás falso com ninguém.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Quero que me honre, me supere!

Por Isaias Costa

O-substituto-1024x584

Filme “O substituto”

Nós escritores, de vez em quando, nos utilizamos das palavras para desabafar nossos sentimentos que estão presos e que se não saírem se transformam em verdadeiros carnegões dentro da gente.

Quem lê meus textos sabe que eu trabalho como professor e tenho uma vida bastante corrida indo de uma casa a outra de alunos para ensinar. Amo o ensino e passo boa parte do meu tempo lendo livros interessantíssimos que tratam o tema da educação de uma forma ampla e com muitas visões diferentes!

A cada dia me esforço para ser um professor melhor e mais dedicado. Infelizmente, nesse semestre, na faculdade que ensino à certo tempo, aconteceu uma situação que pra mim não foi nem aquela conhecida expressão “balde de água fria”, foi pior, bem pior, foi como se eu fosse jogado numa represa de águas congelantes ou numa cachoeira no Himalaia…

Estava eu empolgado dando uma aula de revisão para uma prova, dando altos bizus e dicas importantes para meus alunos levarem como conhecimento para a vida toda, e eis que um dos alunos interrompe a aula pra dizer mais ou menos assim:

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Amor de conveniência

Por Isaias Costa

O-que-você-deve-fazer-quando-o-seu-namorado-ficar-distante-600x338

Lendo o maravilhoso livro do grande Mario Sergio Cortella “Viver em paz para morrer em paz”, eu me deparei com um texto que me fez refletir bastante, intitulado “O raio da paixão e a construção do amor”, no qual ele falava que o amor é construído no dia a dia e nas pequenas coisas, nas mais singelas possíveis é que o amor é nutrido e pode continuar forte por amor a fio. Leia com bastante atenção esse trecho logo abaixo…

***************

“Assim, o amor é uma sensação de pertencimento recíproco que almeja a plenitude. No fundo, o amor é uma identidade, pois eu me encontro no outro ou na outra. O amor tem turbulências, mas ele não é confrontante, e sim conflitante. O amor, ao contrário da paixão, oferece paz – sendo que paz não é ausência de conflitos, e sim a capacidade de administrar conflitos para que não haja ruptura. Assim, se você consegue guardar o meu amor, se cuida dele, eu fico. Mas, se não cuida nem guarda, eu parto. Há também os casos em que o amor não é cuidado e nem guardado, mas a pessoa resolve ficar mesmo assim. Nesses casos, isso é conveniência e não convivência.”

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A importância de ter critério na vida

Por Isaias Costa

negatividade

Eu acho incrível a capacidade que o grande filósofo brasileiro Mario Sergio Cortella tem de se utilizar da etimologia, que é o estudo das raízes das palavras, para desenvolver altas reflexões filosóficas de grande importância para todos nós.

Lendo o seu maravilhoso livro chamado “Viver em paz para morrer em paz” no texto “Viver em paz”, fiquei encantado com uma linda reflexão a respeito de ter critérios na vida. Leia com bastante atenção.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Pecado é a virtude exagerada

Por Isaias Costa

equilibrista

Há poucos dias li um livro maravilhoso do grande filósofo e escritor brasileiro Mario Sergio Cortella chamado “Viver em paz para morrer em paz” e tive grandes insights ao longo de sua leitura.

Venho através desse pequeno texto compartilhar um desses insights. O que me inspirou foi um trecho do texto “Desejo, necessidade, vontade”, que transcrevi aqui embaixo.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A vida é um facho esplêndido

Por Isaias Costa

20729508_1208957269210930_2718252933403330892_n

George Bernard Shaw

Esses dias li um pequeno texto de autoria do grande dramaturgo e romancista George Bernard Shaw no qual ele falava sobre a vida e obra que deixamos para a humanidade. Eu fiquei encantado com a profundidade das suas palavras e resolvi compartilhá-las com os leitores juntamente com uma breve reflexão. Vamos às suas palavras…

***************

“Esta é a verdadeira alegria na vida, ser usado para um propósito que reconhecemos como grandioso.

Ser uma força da natureza em vez de um pequeno torrão febril e egoísta, feito de aflições e lamentações, que se queixa pelo mundo não se dedicar a fazê-lo feliz.

Sou da opinião de que minha vida pertence à comunidade como um todo e, enquanto viver, é meu dever, meu privilégio fazer por ela tudo o que eu puder.

Quero estar completamente consumido quando morrer, porque quanto mais sirvo, mais vivo. Eu me regozijo na vida por si mesma.

A vida não é vela breve para mim. É uma espécie de facho esplêndido que agarro por um momento e que quero fazer brilhar o máximo possível antes de o passar para gerações futuras.”

George Bernard Shaw

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Tente outra vez

Por Isaias Costa

bicicleta

Esses dias estava lendo textos no facebook e acabei me deparando com uma crônica lindíssima da querida escritora gaúcha Martha Medeiros. Na mesma hora que li a primeira pessoa que me veio em mente é claro que foi ele: Raul Seixas! Eu não duvido nada que ela tenha ouvido essa música no dia que escreveu essa crônica! hehehe

Farei uma breve reflexão a partir de um trecho dessa crônica linkando com a linda música do Raulzito.

**************

Ainda dá tempo pra tudo. 

Pode o céu estar fechado neste instante, mas uma hora abre, não falha. Pouco importa sua idade: você está vivo. Então ainda dá tempo para você reatar, dá tempo para você terminar uma relação ruim e começar outra, dá tempo de pedir perdão ou de colocar uma pedra sobre o assunto que incomoda, dá tempo de ter um relacionamento mais leve e prazeroso, e indo além das questões amorosas: dá tempo de conhecer a Ásia, de escrever suas memórias, de mergulhar no mar à noite, de aprender a cozinhar, de falar italiano, de fazer diferença, de começar uma coleção. Se me permite uma sugestão: colecione inúmeras ”primeiras vezes”. Todas as primeiras vezes que você tem evitado porque não simpatiza com mudanças.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Para chegar à fonte é preciso nadar contra a corrente

Por Isaias Costa

00001V2circling-barracuda-papua-new-guinea-by-David-Doubilet

Esses dias li uma frase magnífica e extremamente profunda após ouvir um dos comentários do filósofo brasileiro Mario Sergio Cortella pela Rádio CBN. Era uma frase atribuída ao importante poeta polonês chamado Stanisław Jerzy Lec que falava sobre a necessidade de gastarmos uma maior quantidade de energia para solucionarmos as grandes dificuldades da vida.

A frase era a seguinte: “Para chegar à fonte é preciso nadar contra a corrente”.

Apenas 10 palavras, mas que carregam uma profundidade imensa de reflexões. Com essa frase o Jerzy Lec está querendo nos dizer que para se chegar à essa fonte, que é de onde surge a água que vai ganhando força à medida que desce até encontrar o mar, precisamos de um dispêndio bem maior de energia do que simplesmente se deixar levar pela correnteza, que sem esforço algum, nos levará até o mar.

Como eu sou um amante da Psicologia e da Psicanálise, pensei no quanto essa frase pode se aplicar ao surgimento das nossas neuroses, medos, traumas e doenças.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Navegue pela internet, não naufrague nela

Por Isaias Costa

AAEAAQAAAAAAAAJiAAAAJDJhZDhkMjQ1LTU2ODctNDljMS04NmI2LWMwYzc2NDUyZTY2Mg

Esses dias estava assistindo no youtube a uma palestra do filósofo e escritor Mario Sergio Cortella, na qual ele falava sobre uma série de temas, mas foi dado um enfoque maior à era digital em que vivemos mergulhados hoje!

Ele falou a seguinte frase e que me deixou bastante reflexivo: “Tem gente que não navega pela internet, naufraga nela. Porque quando você navega pelo menos você está sabendo para onde está indo…”.

Essa frase, apesar de curtinha, traz uma verdade incontestável para o momento atual. A internet de fato pode ser comparada com um mar. Ela tem uma verdadeira tsunami de informações! Aproveito até esse gancho para completar com outra frase dita pelo Cortella: “Não podemos confundir informação com conhecimento. A internet tem muita informação, mas o conhecimento é uma seleção dessas informações. As informações são as ferramentas para o conhecimento”.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Somente o tempo vai me revelar quem sou

Por Isaias Costa

criancas-brincando1

Estamos sempre em constante mudança…

Estava ouvindo uma linda música do grande Milton Nascimento em parceria com o Dani Black chamada “Maior”, e fiquei um tempo refletindo sobre o quanto nós mudamos ao longo do tempo e muitas vezes fazemos coisas que no passado imaginaríamos impossíveis!

As primeiras frases são as mais impactantes e também são as mais cantadas ao longo da música:

“Eu sou maior do que era antes

Estou melhor do que era ontem

Eu sou filho do mistério e do silêncio

Somente o tempo vai me revelar quem sou…”

Essas frases são muito bonitas e verdadeiras. Todos nós estamos em constante processo de aperfeiçoamento e melhorias!

Uma das principais reflexões que eu tiro dessa música é a de que não podemos prever o futuro e muito menos abrir a boca para dizer “eu sou assim, cresci assim e vou morrer”, como bem conhecemos da tal “Síndrome de Gabriela”.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized