Arquivo da tag: morte

A ideia de “mais” transformou toda a Terra em um hospício

Por Isaias Costa

“É fácil ficar frustrado com as coisas terrenas. Mais cedo ou mais tarde você poderá ver toda a estupidez de se ter mais dinheiro ou mais poder. Mais cedo ou mais tarde você poderá ver toda a inutilidade da própria ideia de “mais”, porque o “mais” não traz nada senão infelicidade. Ela afasta de você toda a bem-aventurança, toda a paz. Ele é destrutivo. Ele só lhe causa medo, tremor, ansiedade, neurose. Ele o deixa louco; isso pode ser visto muito facilmente. A ideia de “mais” transformou toda a Terra em um hospício.”

Osho

******

É muito verdadeira a ideia levantada pelo Osho com essas palavras. Venho refletindo bastante sobre o consumismo desenfreado e o quanto isso vem destruindo o nosso planeta.

Infelizmente, de um modo geral, nós seres humanos temos muita dificuldade em sentir satisfação, assim a medida do querer acaba se tornando uma verdadeira loucura! Porém, nada na natureza funciona na base da insatisfação! Ela funciona na forma de ciclos, tudo tem começo, meio e fim e tudo recomeça…

Por que conosco seria diferente disso? É simplesmente o nosso que nos afasta dessa verdade incontestável! Por mais que queiramos muito dinheiro e poder e até consigamos, a morte vai nos levar e tudo isso terá outro destino. O dinheiro vai ser disputado por quase todos os familiares e o poder será simplesmente transferido para outra pessoa!

Em vez de alimentar toda essa loucura, penso que é muito mais interessante a ideia de suficiência. Ela é sinônimo de completo, cheio! Ou seja, se tenho o suficiente, não preciso de mais, porque esse mais vai transbordar. Mas transbordar pra onde? Se nós estamos em um planeta finito?

Essa é a principal questão. Como Gandhi já dizia no século passado: “Há recurso suficiente para a toda a humanidade, mas não há o suficiente para a ganância do ser humano”.

Ganância é querer cada vez mais e a qualquer custo, mesmo que isso destrua todo o planeta! Inclusive já existe todo um movimento para colonizar o planeta Marte. Já pensou? Sei que existem diversas opiniões e visões a esse respeito, mas eu penso que se não tivéssemos toda essa ganância, o planeta Terra seria um imenso paraíso, o que na realidade já é esse paraíso, nós é que a transformamos num hospício.

O senso de suficiência é que nos dá a paz de espirito e também um maior sentimento de conexão com o nosso planeta tão maravilhoso! Quero com esse breve texto apenas lhe relembrar o que você já sabe! Por uma humanidade que busca a suficiência e não o querer mais e mais de forma gananciosa…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Antes de a morte chegar, ainda vamos abrir muitas portas

Por Isaias Costa

Esses dias li um texto no facebook do meu amigo João Vale Neto, tutor do CEBB (Centro de Estudo Budistas Bodisatva) que considero necessário pra esses tempos tão sombrios e de tantas incertezas quanto ao futuro. Leiam com toda a atenção!

*******

Todos passamos por algum momento da vida onde achamos que as coisas não vão ter jeito. Geralmente acontece na infância, quando percebemos que por mais fortes ou poderosos sejam nossos pais, eles não sabem de tudo. Olhamos para isso e vemos que não vamos ter condições de resolver “o que não tem jeito” justamente porque somos pequenos, sem muita capacidade ou recursos. Então, a impotência surge e, com ela, a falta de energia do corpo. Uma sensação de porta trancada e não sabemos onde está a chave. É assim que vão surgindo outras partes de nós: impotentes, depreciadas, melancólicas. Todas elas vem nos socorrer diante daquilo que “não tem jeito”. Quanto mais eu não tiver necessidades, menos vou precisar dar um jeito. Por isso, melhor ser incapaz, sem valor, logo, já que nada tem jeito. E assim a impotência se torna uma constância na nossa vida.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Precisamos estar vivos e saudáveis para a Economia girar

Por Isaias Costa

documentario-humanos-divulgacao

A médica geriatra Ana Claudia Quintana Arantes, autora do best-seller “A morte é um dia que vale a pena viver”, participou recentemente de um excelente podcast da Jovem Pan chamado 45 minutos no primeiro tempo e uma de suas falas considero uma reflexão de extrema importância para todos nós: o valor imenso da vida frente à Economia. Ou seja, só existe Economia se antes houver seres humanos íntegros e saudáveis. Leia com bastante atenção!

**********

“Quando se fala das consequências da vida social que a gente vai ter: profissional, financeira, econômica, administrativa… ela vai sofrer consequências do luto.

Quem vai faltar no trabalho não é só a pessoa que morreu. Quem vai faltar no trabalho é a pessoa que morreu e todo mundo que a amava. Que, se for trabalhar, não vai trabalhar direito.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma das maiores dores da vida: a perda de um filho

Por Isaias Costa

Uma segunda chance Série

“A mulher que perde o marido é chamada de viúva. O homem que perde a mulher é chamado de viúvo. Os filhos que perdem os pais são chamados de órfãos. Mas não existe uma palavra para descrever os pais que perdem os filhos. Não existe palavra que descreva uma dor tão excruciante.”

Série “Uma segunda chance” – Netflix

A série coreana “Uma segunda chance” conta a história de uma moça que morreu prestes a dar a luz à sua primeira filha e toda a trama gira em torno dessa moça desejar, mesmo em espírito, estar o tempo todo perto da filha, vendo o seu desenvolvimento.

Essa série tem muitos momentos marcantes e emocionantes. Nós aqui no Brasil sabemos o quanto os coreanos, chineses e japoneses são excelentes em transmitir através de filmes e séries as nossas emoções mais básicas.

=> Clique aqui para ler o texto completo 

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Alan Lima: Uma vida dedicada a ajudar as pessoas

Por Isaias Costa

50719292_2462392763774392_2212960853924249600_n

Minha morte nasceu quando eu nasci…

Despertou, balbuciou, cresceu comigo…

E dançamos de roda ao luar amigo

Na pequenina rua em que vivi

 

Já não tem mais aquele jeito amigo

De rir que, ai de mim, também perdi

Mas inda agora a estou sentindo aqui,

Grave e boa, a escutar o que lhe digo:

 

Tu que és minha doce prometida,

Nem sei quando serão nossas bodas,

Se hoje mesmo… ou no fim de longa vida…

 

E as horas lá se vão, loucas ou tristes…

Mas é tão bom, em meio às horas todas,

Pensar em ti…saber que tu existes!

 

Mario Quintana

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O poder da escuta atenta

Por Isaias Costa

escuta6-1024x683

“Uma das mais sinceras formas de respeito é ouvir o que o outro tem a dizer, sem interromper.”

Não consegui encontrar a autoria dessa frase lindíssima, mas quero a partir dela refletir com você sobre o poder da escuta atenta.

Eu trabalho como professor e psicanalista e aprendo imensamente com os pacientes que acompanho. Recentemente atendi a uma mulher já idosa e com ares de cansada. Fiquei tão comovido com seu relato que digo com sinceridade que as poucas palavras que dirigi a ela quase não saíram.

Ela passou quase a vida inteira cuidando de um filho que foi diagnosticado com esquizofrenia ainda na adolescência e a doença foi se agravando com o passar dos anos, de forma que ele se tornou totalmente dependente dela para tudo, desde a alimentação até a higiene mais básica. Não entrarei em detalhes por conta do sigilo profissional.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

7 pérolas de sabedoria que aprendi com Mario Sergio Cortella

Por Isaias Costa

_104338214_crditos_chicomax

Estou publicando esse texto como uma pequena homenagem ao aniversário de 65 anos do professor e filósofo Mario Sergio Cortella, nascido em 05/03/1954. Desde 2013 venho lendo diversos livros seus e ouvindo suas palestras e comentários.

Ele é um senhor admirável, não apenas pelo conhecimento enciclopédico que tem, mas acima de tudo, pelos valores humanos que construiu ao longo de sua trajetória de vida tão bonita.

Farei uma breve reflexão sobre 7 pérolas de sabedoria que aprendi com ele.

Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Excesso de ordem ou de caos não nos faz bem

Por Isaias Costa

Butterfly_effect_Wallpaper__yvt2

Estava ouvindo o quadro Revista CBN com a Petria Chaves e fiquei muito reflexivo ao ouvir uma entrevista que ela fez ao Prof. Silvio Anaz, que é Doutor em Comunicação pela PUC-SP. [Link aqui].

O foco da entrevista era falar sobre ordem e caos não apenas na sociedade, mas como algo que faz parte da história da humanidade. Logo no início da entrevista o Silvio contou um pouco desse processo histórico e até comentou um pouco sobre a Mitologia Grega.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A beleza aumenta com a transitoriedade da vida

Por Isaias Costa

Estações do ano

Esses dias estava lendo um belíssimo ensaio escrito pelo pai da Psicanálise Sigmund Freud intitulado “Sobre a transitoriedade” e fiquei refletindo bastante sobre o quanto a beleza está relacionada com o tempo.

Nesse ensaio, Freud argumenta que o fato de o tempo ser algo limitado aumenta a beleza das coisas. Leia com bastante atenção esse pequeno recorte do ensaio citado.

**********

“Não deixei, porém, de discutir o ponto de vista pessimista do poeta de que a transitoriedade do que é belo implica uma perda de seu valor.

Pelo contrário, implica um aumento! O valor da transitoriedade é o valor da escassez no tempo. A limitação da possibilidade de uma fruição eleva o valor dessa fruição. Era incompreensível, declarei, que o pensamento sobre a transitoriedade da beleza interferisse na alegria que dela derivamos. Quanto à beleza da Natureza, cada vez que é destruída pelo inverno, retorna no ano seguinte, do modo que, em relação à duração de nossas vidas, ela pode de fato ser considerada eterna. A beleza da forma e da face humana desaparece para sempre no decorrer de nossas próprias vidas; sua evanescência, porém, apenas lhes empresta renovado encanto. Uma flor que dura apenas uma noite nem por isso nos parece menos bela.”

Sigmund Freud

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Como eu tenho vivido os meus dias?

Por Isaias Costa

tumblr_mmz04aV4RC1spbshjo1_1280

Pelo fato de nós sermos brasileiros e vivermos na parte ocidental do planeta, que tem uma cultura bem diferente da oriental, um dos temas que ainda é tabu até os dias atuais é a morte. Quando alguém começa a falar sobre ela, muitos fogem ou já vão desviando o assunto. Por que será hein? O que me vem logo em mente é a palavra MEDO. A gente se afasta daquilo que amedronta, e parece que o medo da morte está entre os mais agudos no ocidente.

Nos últimos dias venho refletindo bastante sobre isso, principalmente por conta de uma morte súbita que aconteceu com uma funcionária do hospital no qual a minha mãe trabalha como técnica de enfermagem.

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized