Arquivo da tag: sociedade

O afeto conduz a alma como os pés conduzem o corpo

Por Isaias Costa

55d39aa59426f3.3268195755d39aa5810db0.90576707

Esses dias, em meio a diversas leituras, eu me deparei com uma frase absolutamente maravilhosa atribuída a Santa Catarina de Siena, filósofa escolástica e teóloga do século XIV. Apesar de curta, ela pode nos levar a reflexões profundas.

Sua frase dizia o seguinte: “O afeto conduz a alma como os pés conduzem o corpo”.

Eu me senti muito tocado ao ler isso, o que me inspirou a escrever esse texto que você lê agora.

Não precisa acreditar em Deus ou ser religioso para compreender a verdade contida nessa frase. Inclusive, posso falar isso com tranquilidade, pois venho estudando Filosofia com bastante afinco e muitos teóricos falam sobre a alma sem uma conotação religiosa, entre eles o mestre Platão por exemplo.

Catarina cita o verbo conduzir, que encaixa perfeitamente na ideia que ela quis transmitir. Conduzir está ligado a sair de um ponto A em direção a um ponto B. Ou seja, está ligado a MOVIMENTO, a FLUXO, e obviamente, às MUDANÇAS.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Não vou me adaptar ao mundo como está agora

Por Isaias Costa

20130802154744_660_420

Sempre que leio os livros do professor e filósofo Mario Sergio Cortella, aprendo muito com sua forma simples e profunda de abordar os mais diversos temas. Estava lendo o livro “Educação, convivência e ética”, e um trecho em especial me fez refletir bastante com relação ao nosso país e também o mundo na atualidade.

*******

“Há uma diferença entre adaptação e integração. Não somos um animal de adaptação, mas de integração. Quando alguém se adapta a uma situação, é por ela absorvido. Quando alguém se integra, passa a fazer parte. Quan­do adaptado, é parte, tem uma postura passiva. Quando integra­do, faz parte, a postura é ativa.”

Mario Sergio Cortella

=> Clique aqui para ler o texto completo

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Precisamos desenvolver em nós a justa raiva

Por Isaias Costa

8-Atitudes-para-evitar-a-raiva1-696x392

Não apenas o Brasil, mas o mundo inteiro está passando por uma crise sem precedentes, e a mola propulsora de toda essa crise se resume a um nome: GANÂNCIA. Os que têm muito jamais se sentem satisfeitos com o que tem e querem ainda mais, muitas vezes se utilizando de meios ilícitos e até desumanos para isso.

ganância é querer sempre mais e a qualquer custo. No Brasil, com a crise que incendiou a partir do aumento criminoso dos preços dos combustíveis, estamos vendo o quanto essa ganância gera malefícios para toda a população.

Nessa hora, é impossível se manter insensível, como se nada estivesse acontecendo. O sentimento que prevalece é a RAIVA.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Breve estória Zen sobre honestidade e justiça

Por Isaias Costa

ftw-940x-honestidade.fw_

Recentemente conheci uma estorinha Zen muito bonita e profunda em ensinamentos. Eu a conheci ouvindo as palestras incríveis da filósofa Lúcia Helena Galvão, professora da escola de Filosofia Nova Acrópole de Brasília.

A estória resumidamente diz mais ou menos assim…

**********

Havia um mosteiro com diversos discípulos e estava passando por grandes dificuldades financeiras. Ao ponto de a qualquer momento terem que fechar o mosteiro devido às dívidas.

O mestre parecia não estar preocupado com tudo isso e continuava sua rotina normalmente, com suas meditações e seu típico silêncio, o que de fato faz parte da tradição Zen.

Seus discípulos se reuniram com ele e disseram:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A metáfora do barco vazio

Por Isaias Costa

serenidade-1

Estamos vivendo, não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro, tempos de uma INTOLERÂNCIA que beira o absurdo. Tem momentos que chego a duvidar que os seres humanos sejam de fato racionais e tenham esta como grande característica que diferencie dos outros animais.

Observo a forma harmoniosa que os animais vivem, sem os famosos três venenos que tão bem são trabalhados no Budismo: ganância, raiva e ignorância. E nessa hora, se eles pudessem entender a nossa fala, diria o seguinte: “Perdoem a nossa ganância, raiva e ignorância sem limites…”.

Essa é uma parte da chamada oração do arrependimento, que aprendi com a querida Monja Coen. Só ela, sendo colocada na prática da vida diária, já faria maravilhas por todos nós. Essa oração completa diz: Todo carma prejudicial alguma vez cometido por mim desde tempos imemoriáveis devido os três venenos: ganância, raiva e ignorância sem limites. Nascidos da minha boca, corpo e mente. De tudo eu me arrependo…”.

Quero com esse texto levar você a refletir junto comigo sobre a possibilidade de vencer principalmente o veneno terrível da RAIVA, a partir das lindas palavras do mestre Osho, extraídas do livro “O barco vazio”.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A simplicidade leva à plenitude

Por Isaias Costa

7883257_orig

Nós vivemos numa sociedade que, infelizmente, ainda é extremamente materialista e imediatista. Uma grande parcela da população trabalha de forma exagerada, quase sempre pra conseguir o dinheiro suficiente para manter um padrão de vida que não prioriza o essencial na vida e no qual não se valoriza tanto as pequenas coisas.

No momento em que escrevo esse texto estou lendo dois livros magníficos, que podem contribuir de forma significativa com mudanças no nosso comportamento e nas escolhas. São os livros “A morte é um dia que vale a pena viver”, da Dra. Ana Claudia Quintana Arantes, e “Simplicidade voluntária”, do escritor e palestrante Duane Elgin.

Desde garoto eu sempre tive uma tendência a buscar a simplicidade na vida, e agora com a leitura desses dois livros, isso só se ratificou, e venho trazer reflexões que considero de suma importância para todos nós a respeito da verdadeira simplicidade.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Ninguém consegue entrar na casa do outro mantendo suas portas fechadas

Por Isaias Costa

amor-fechado-em-veneza-46975810

Esses dias li um texto que me tocou profundamente e me fez refletir sobre o quanto nós temos resistências internas ao florescimento do amor. Um texto de autoria de Juliana Santin que falava sobre a maior de todas as revoluções, que é a revolução do amor. Transcrevo abaixo o trechinho dele que me inspirou a escrever sobre esse tema.

*****************

“Os adultos normais não gostam de si mesmos, não gostam de seus casamentos e não gostam do seu trabalho”.

Patch Adams resolveu que ia criar um hospital onde imperassem as seis qualidades que ele considera fundamentais: feliz, engraçado, amoroso, cooperativo, criativo e pensador – que, no final das contas, resumem-se mesmo em amor.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Vivemos em uma cultura masoquista

Por Isaias Costa

Mariana-Borges

Eu me sinto imensamente atraído pelos ensinamentos orientais, principalmente os ligados ao Budismo. O cerne dos ensinamentos budistas está relacionado com o sofrimento e que através do famoso “caminho óctuplo”, proposto por Gautama Buda, podemos transcendê-lo e atingirmos a iluminação.

Infelizmente vivemos num país no qual as pessoas, em sua maioria, não dão muita bola para esses ensinamentos. Por isso intitulei esse texto dizendo que vivemos em uma cultura masoquista. É comum ouvirmos as pessoas dizerem frases como: “o sofrimento é necessário”, “o sofrimento nos faz acordar para a vida”, “vencer sem luta é triunfar sem glória” etc etc.

Isso está entranhado no inconsciente coletivo dos brasileiros de um jeito tal que, se alguém tem uma vida simples, feliz, equilibrada e sem conflitos, quase todos olham torto, como se essa pessoa fosse um alienígena. Percebe que maluco? O normal é ter uma vida sofrida, amarga, cheia de lutas e cheia de leões para matar diariamente…

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Ser feliz é complexo e fácil ao mesmo tempo

Por Isaias Costa

POR-QUE-É-TAO-DIFICIL-SER-FELIZ-FOTO-02

Provavelmente você já escutou ou leu uma famosíssima frase presente na bíblia sagrada dos cristãos em Eclesiastes ou nos Provérbios que diz: “A felicidade não é deste mundo”, não é mesmo? Você concorda com ela? Essa frase pode nos levar a grandes reflexões!

Ela é sim verdadeira, porém, existe um simbolismo por trás que precisa ser compreendido. Quando falamos “não é deste mundo” estamos nos referindo ao mundo da matéria, a tudo aquilo que perece, ou seja, que começa aqui e termina aqui, como dinheiro, viagens, carreira, status, reconhecimento, relacionamentos etc. Se você buscar a felicidade em tudo isso só terá um destino, a frustração!

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Você acredita em destino?

Por Isaias Costa

2175190

Essa é uma pergunta que todos nós nos fazemos em algum momento da vida ou outras pessoas também nos fazem. Como eu sou um rapaz que gosta de pensar com profundidade sobre as coisas que questiono, pesquisei a etimologia desta palavra, que é belíssima.

Destino vem do latim stinare, e tem o prefixo de, que é um intensificador da mesma. Juntando os termos significa: “aquilo que é firmemente estabelecido para uma pessoa”.

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized