A corrente do bem

Por Isaias Costa

A gente muda o mundo na mudança da mente...

A gente muda o mundo na mudança da mente…

Há poucos dias eu assisti a uma conferência do grande Dalai Lama, em minha opinião, um dos homens mais sábios que habita esse nosso planeta. Eu transcrevi uma parte essencial da sua conferência e vou fazer uma pequena reflexão a partir dela.

“Só há um caminho de transformar a humanidade! Mudando a sua forma de pensar. Dessa forma o seu estilo de vida irá mudar, então este século poderá ser um século extraordinário comparado ao meu século.

O século passado foi de derramamento de sangue, de violência. O nosso brilhante cérebro pode ser usado para a destruição. Os físicos nucleares, com cérebros maravilhosos, mas seu conhecimento ficou à disposição do ódio, da raiva.

Acho que esse século não deve ser dessa forma. Todos temos a mesma responsabilidade e o mesmo potencial. Não devemos pensar: “Ahh! Eu sou apenas um. O problema é enorme, não posso fazer muita coisa…”. Você não deve pensar assim.

A iniciativa precisa partir de cada indivíduo. Por exemplo, a paz precisa começar da paz interior individual, e dessa forma, uma família pacífica e uma sociedade pacífica. E quando realmente tivermos desenvolvido uma sociedade pacífica. As novas lideranças, vindas desse tipo de sociedade serão mais sensatas.

Esta sociedade está repleta de competição, cheia de ganância, cheia de desconfiança. E então liderar também é difícil. Nós falhamos em criar uma sociedade saudável. Então, é nossa responsabilidade mudar isso!”.

Eu adoro a simplicidade da sua fala em assuntos tão profundos. O que o Dalai Lama está propondo é uma mudança da humanidade a partir da mudança da mente. É como também diz o Gabriel, o Pensador: “A gente muda o mundo na mudança da mente…”. Porém, a mudança da mente é algo individual, e esse é meu maior desejo para você hoje. Reflita sobre essas sábias palavras do Dalai Lama e mude a sua mente!

Ele fala do potencial do ser humano, que é incrível, mas muitos estão utilizando esse potencial para fazer o mal, por isso estou propondo a você fazer o que o próprio Dalai Lama sugeriu nesta conferência, fazer uma CORRENTE DO BEM. Uma das frases ditas por ele merece muito destaque, essa aqui: “Ahh! Eu sou apenas um. O problema é enorme, não posso fazer muita coisa…”. Errado! Você pode sim fazer muita coisa! Sabe uma coisa que você pode fazer e não vai lhe custar nem 10 segundos para fazer? Compartilhar este post no seu próprio facebook, dessa forma simples você estará criando uma corrente do bem, é algo simples e lógico. Se você lê e compartilha com os amigos, no mínimo mais 3 pessoas lerão, e cada uma dessas três pessoas vai compartilhar para mais 3 pessoas e seguindo dessa forma, em pouco tempo a mensagem terá se espalhado para, quem sabe, milhares de pessoas. Posso contar com você?

O que acabei de dizer foi a essência de um dos melhores filmes que assisti em toda a minha vida, o filme “A corrente do bem”, que acho que assisti no mínimo umas 5 vezes. A ideia central desse filme é o “Passe adiante”, que significa você ajudar de alguma forma 3 pessoas, dizendo para cada uma delas que também ajude mais 3 pessoas, dessa forma criando a corrente do bem.

Eu posso contar com você para, juntos, criarmos a corrente do bem?

Eu posso contar com você para, juntos, criarmos a corrente do bem?

Que tal? Gostou dessa ideia? Não tem nada de difícil nela! Basta compartilhar no seu facebook e levar essa bela mensagem para os seus amigos. Assim a corrente do bem será criada e mudaremos o mundo pouco a pouco a partir da mudança da mente. Uma das cenas principais do filme mostra o professor do Trevor lhe dizendo que a sua ideia da corrente do bem é utópica. A sua resposta é a mesma que digo a você agora: “E daí?”. É assim que nós devemos pensar meus amigos! Essa ideia pode parecer maluca e utópica, mas eu não me importo, foi como eu disse há poucos dias, eu quero ser chamado de louco, pois sendo chamado de louco sei que estou no caminho certo. Se você não leu, o link é esse.

As pessoas que mudam o mundo

Para concluir, vou deixar um pequeno trecho do filme “A corrente do bem” que cita o que falei sobre o mundo utópico. Lembre-se sempre: “A gente muda o mundo na mudança da mente…”.

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s