Arquivo do mês: junho 2016

Não viro vampiro, eu prefiro sangrar

Por Isaias Costa

10986380_1894036230821505_526164736_n

O Brasil está passando por um momento de convulsão, mas tenho esperança que surgirão bons frutos de tanta corrupção, de tantas injustiças e de tanta maldade que estão sendo estampadas todos os dias na mídia. Explico!

Aos pouquinhos, mas eu digo, bem aos pouquinhos meeeesmo! Está havendo um processo de elevação do nível de consciência das pessoas de um modo geral, e o nosso sistema político, que até hoje, tem se sustentado à base de MENTIRAS, está com os seus dias contados, porque a JUSTIÇA e a mentira não podem caminhar juntas por muito tempo, podem até por certo tempo, mas no longo prazo isso é absolutamente impossível.

Estou escrevendo esse texto baseado em teorias psicológicas, em teorias da Física Quântica e da Metafísica dos processos evolutivos. Acredite! O universo não funciona à base de conceitos de “certo” ou “errado”, de “bom” ou “ruim”, de “bonito” ou “feio”. NÃO. É a nossa MENTE que funciona dessa forma.

O universo funciona através, acima de tudo, da LEI DA ATRAÇÃO e a lei do SEMELHANTE ATRAI SEMELHANTE. Estas talvez sejam as principais leis do universo…

A mídia tenta a todo custo exacerbar o lado negativo, mas ela faz isso porque fica literalmente “cascavilhando desgraças”. Ela sai à procura de acontecimentos negativos e que despertem a raiva, o ódio e a desesperança das pessoas!

Porém, aos pouquinhos, muita gente está começando a entender que existe muito SENSACIONALISMO, um jogo sujo para tentar impor e incutir medos e mais medos nas pessoas!

Estou aqui hoje para mostrar pra você o que você já sabe, mas provavelmente ainda não sente no fundo do seu coração: no mundo, existem muito mais pessoas boas do que más, e muita gente buscando melhorar e ajudar os outros.

* Sugestão de leitura: Os bons são maioria

E por que você ainda não se convenceu de forma absoluta dessa verdade? Muito simples! Ainda está faltando um pouco mais de AUTOCONHECIMENTO, está faltando você desenvolver mais a perspectiva de um OBSERVADOR, que analisa a realidade a partir de um certo distanciamento, para refletir e ponderar sobre os acontecimentos.

Eu lhe garanto que quando você assumir totalmente essa postura, passará a ver a realidade com olhos mais amorosos!

O mundo só continua “de pé”, digamos assim, porque as forças do bem prevalecem sobre as forças do mal. E acredite! Tudo isso que tem acontecido no Brasil e no mundo, tem como “pano do fundo”, a EVOLUÇÃO de todos nós!

O que me inspirou a escrever esse texto foi uma linda música extremamente crítica da banda Engenheiros do Hawaii que foi lançada à quase 30 anos, porém nunca esteve tão atual como nesse momento, a música “nunca se sabe”, do álbum “Ouça o que eu digo, não ouça ninguém”, de 1988.

Parte da sua letra diz assim:

Não quero perder a razão
Pra ganhar a vida
Nem perder a vida
Pra ganhar o pão
Não é que eu faça questão de ser feliz
Eu só queria que parassem
De morrer de fome a um palmo do meu nariz
Mesmo que pareçam bobagens
As viagens que eu faço
Eu traço meus rumos eu mesmo (a esmo)
E se nunca sei a quantas ando
Se ando sem direção
É porque nunca se sabe
É porque nunca se sabe

Nem sempre faço o que é melhor pra mim
Mas nunca faço o que eu
Não tô afim de fazer
Não viro vampiro, eu prefiro sangrar
Me obrigue a morrer
Mas não me peça pra matar

********************

Nessa estrofe ele faz uma crítica feroz às pessoas que ganham a vida através de falcatruas, de desvios de dinheiro, de injustiças trabalhistas, de sonegação de impostos e por aí vai…

Então ele diz que nem sempre faz o que é melhor para ele, mas apenas o que quer fazer. Ou seja, ele se mostra como alguém HONESTO e que não se comporta como alguém EGOÍSTA.

Praticamente todos os nossos políticos são homens e mulheres egoístas, que só pensam em si mesmos e nunca no bem comum. Querem benefícios e mais benefícios, uma vida sem esforços, usufruindo do dinheiro conquistado pelo esforço do trabalho honesto dos cidadãos.

Depois ele fala uma frase que adoto totalmente na minha vida, a frase que intitulou esse texto.

“Não viro vampiro, eu prefiro sangrar”

Eu prefiro ser honesto em todas as minhas atitudes e em tudo que eu faço a me tornar um vampiro, que chupa o sangue dos outros com atitudes egoístas e mesquinhas!

O bacana é que essa reflexão pode ser levada para todos os campos da vida, sabia? Não existem vampiros apenas no governo, existem vampiros no dia a dia do trabalho, existem vampiros na família, que sobrecarregam os mais generosos e solícitos, existem vampiros nos relacionamentos, que buscam no outro o prazer que não conseguem tem com a própria vida, existem vampiros nas amizades, que buscam no outro um suporte para ajudar a concretizar algo que queiram até o momento que conseguem e depois descartam a amizade e vão embora, existem vampiros nas igrejas, que falam sobre um Deus que vai dar a sua salvação só se você der ao pastor, ao guru, ao mestre espiritual “X” em dinheiro… Percebe como existe sangue sugado em todos esses casos?

Esse é um texto mais crítico, para lhe levar a olhar a sua vida com mais consciência, buscando saber se você não está sendo um vampiro em algum setor da vida. Pare um pouquinho hoje e pense sobre isso…

O mundo está vivendo uma transição e esta consciência mais elevada vai fazer parte da vida dos seres humanos que construirão as novas gerações. Que tal começarmos desde já a construir esse novo mundo? Ele se constrói a partir da ÉTICA, do AMOR, do RESPEITO, da BONDADE, da ESPERANÇA, do DESAPEGO, da GENEROSIDADE e por aí vai!

E para desenvolver essas virtudes, como sempre digo, o caminho é um só, o AUTOCONHECIMENTO, e esse autoconhecimento, é o caminho do AMOR, que todos os grandes mestres sempre nos ensinaram e eu estou trazendo para você numa linguagem mais atual e contextualizada.

E para continuar refletindo sobre esse tema fascinante, que tal ouvir essa música mega inspiradora dos Engenheiros do Hawaii?

Paz e luz…

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Quando comecei a sentir a minha vida mais interessante?

Por Isaias Costa

11393241_761601450604400_3460640112224619582_n

Isso é o que todos nós queremos não é mesmo? Queremos ter uma vida cada vez mais interessante, mas não só isso, queremos saber como conseguir isso. E nesse texto farei uma breve reflexão mostrando para você que existe SIM um como. Quer saber? Esse pequeno texto da querida Ana Jácomo nos diz…

***************

“Se alguém me perguntar quando comecei a sentir a minha vida mais interessante, eu tenho a resposta na ponta da língua: quando comecei a me interessar mais por mim
A ser mais gentil comigo.
A dar menos espaço ao que não tem importância e a respeitar o tamanho do que, de fato, me importa.
A querer me conhecer melhor…
A ter bem menos pressa pra chegar sei lá onde.
A apurar o ouvido pra sentir a música das coisas mais simples, que cantam bonito e muitas vezes baixinho.”

Ana Jácomo

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Nosso egoísmo e falta de amor se reflete no desprezo aos animais

Por Isaias Costa

Crime-de-Maus-Tratos-a-Animais-15

Conversando com uma amiga que mora na mesma cidade que eu (Fortaleza), ela estava me falando sobre a quantidade imensa de abandono, maus tratos e até mesmo assassinatos de cães e gatos por parte de algumas pessoas da cidade.

Fiquei bastante pensativo sobre essa realidade tão cruel que experienciamos todos os dias, mas não damos a menor importância.

Esse será um texto diferente, até o momento ainda não escrevi sobre isso. Esse texto é um convite sutil para que você aprenda a AMAR, e por consequência desse amor, aprenda a amar os animais e a ter por eles o respeito que merecem.

Inicio com um fato ocorrido em 2014 que me deixou extremamente triste. Um cachorro de rua foi envenenado por alguém nas proximidades da minha casa e em determinado momento fui para fora de casa e vi esse cachorro se contorcendo e babando muito, e também com os olhos revirados e sem vida.

Me bateu um desespero nessa hora: “Meus Deus! Ele está morrendo!…”.

Mas o pior não foi essa sensação, o pior foi o que veio em seguida. Um senhor que mora na mesma rua que eu se aproximou e me disse simplesmente: “É Isaias. Faz é tempo que esse cachorro está aí se contorcendo…”. E voltou pra dentro de casa.

Eu fiquei indignado ao ouvir palavras tão frias e cruéis como essas. Não disse nada para ele, mas fiquei pensando:

“Poxa! Ele sabia que o cachorro estava morrendo e não fez absolutamente nada? Que tipo de ser humano é esse?”

Então, corri pra dentro de casa e liguei para todos os números do Zoonose de Fortaleza, ninguém, absolutamente NINGUÉM em nenhum dos ramais me atendeu, o telefone tocava até parar.

Depois liguei para uma amiga que tem muito cuidado com animais de rua, mas para minha surpresa ela havia se mudado à pouco tempo e não poderia vir me ajudar.

Então tentei falar com alguém para levar o cachorro para alguma emergência para sobreviver, mas foi tarde demais. Quando voltei para a rua, ele já estava morto.

Não pude conter as lágrimas nessa hora. Voltei para casa e me senti mal o dia inteiro, não consegui nem me alimentar direito. Trabalhei com meus pensamentos totalmente perdidos e confusos.

Nunca esquecerei esse dia. Ele foi muito marcante para mim. Depois fiquei refletindo sobre o imenso EGOÍSMO do homem e seu DESCASO com os animais. Eles são seres divinos que estão no meio de nós para nos fazer mais felizes e gerar harmonia, trazer mais amor para os nossos dias, sem contar com a proteção, a companhia etc.

Nessa hora, lembro a você o princípio fundamental do Budismo, que sempre compartilho por aqui e conversando com meus amigos.

“Se você não pode fazer o bem a alguém, pelo menos não faça o mal…”

Essa sabedoria se aplica totalmente aos cuidados com os animais. Se você é alguém que não gosta de animais, pelo menos não faça mal a eles!

A pessoa que envenenou esse cachorro que morreu em frente a minha casa é alguém que nunca soube o que é esse sentimento, o AMOR. Quem ama é incapaz de envenenar um animal.

Ele simplesmente jogou o seu próprio veneno em um animal inocente e indefeso.

É isso que acontece o tempo todo em todos os lugares do planeta. As pessoas estão cheias de VENENO no coração. E sabe qual o nome desse maior veneno? EGOÍSMO.

São pessoas que chegam pra você dizendo: “Esse cachorro está à horas se contorcendo…”.

Eu fico preocupado com o caminhar da nossa sociedade. Como é que poderemos um dia ser uma sociedade feliz e harmoniosa, se com nossos animais não conseguimos ser amorosos?

É como todos os defensores de animais dizem e concordo absolutamente. Pessoas que maltratam animais não podem ser dignas de confiança, porque elas matam vidas, elas estão conscientemente (ou não!) destruindo o que há de mais puro e singelo, que são os animais…

Enfim! Para concluir. Faço esse apelo. Nunca se furte de agir quando você vir qualquer pessoa maltratando os animais. Isso é um CRIME e essas pessoas precisam ser punidas por isso.

Infelizmente, ainda não temos leis rígidas para quem maltrata e mata animais, mas se você que me lê agora busca ajudar na construção de um mundo melhor, primeiramente seja amoroso, cuide dos animais, e se posicione frente ao bem e à justiça sempre que vir alguém maltratar esses inocentes que abrilhantam a nossa vida.

Em resumo é isso. Cresça cada vez mais em AMOR, pois dessa forma, o amor e cuidado com os animais será apenas consequência desse amor que já existe no seu coração e se refletirá nas suas atitudes.

Paz e luz…

 

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Cante a sua própria canção

Por Isaias Costa

cante a canção da alma

Cada vez mais eu tenho me interessado pelo tema da CRIATIVIDADE. Muita gente pensa que a criatividade é um privilégio para poucos, que existem pessoas que jamais se tornam criativas porque não têm essa capacidade e venho hoje dizer a você que isso não existe. Todos nós podemos SIM ser extremamente criativos, mas existe um caminho longo e árduo para isso.

É o caminho do AUTOCONHECIMENTO. Quanto mais você se conhece, mais adentra no universo da criatividade e pode construir um legado muito bonito.

O que me inspirou a escrever esse texto foram algumas palavras do místico oriental Osho. Confira!

******************

Se seu coração não canta e dança, você não está vivendo de fato, está apenas se arrastando – cumprindo certos deveres, passando por certos rituais, controlando e mantendo uma fachada.

Mas no fundo há um vazio e uma grande agitação, porque você sabe, na parte mais íntima do coração, que a vida ainda não se realizou, que você ainda não conseguiu cantar sua canção.

Todas as pessoas nascem com uma canção, uma canção própria, e, a menos que a cantem, a vida delas não se realiza.

Olhe uma árvore quando floresce e você verá em torno dela um grande contentamento e um grande júbilo.

Ela está dançando porque chegou em casa, cumpriu a tarefa que lhe foi confiada. Não está mais vazia, está transbordando.

As flores só surgem quando a árvore transborda, e as canções também só aparecem quando a pessoa transborda.

Osho

*********************

São palavras simples, mas de uma riqueza incrível. Ele fala sobre esse TRANSBORDAR, ou seja, estar “além das bordas”.

Existe uma simbologia incrível sobre o transbordamento. Perceba! Ao se encher uma xícara, por exemplo, ela tem uma borda e vai sendo enchida “DE DENTRO PRA FORA”, mas algo enche essa xícara, ela não se enche sozinha. A pessoa precisa buscar algo “DE FORA PRA DENTRO”, e esse “de fora pra dentro” é a sabedoria que vem com esse autoconhecimento, que pode ser adquirida de “n” formas, mas eu sempre recomendo a sabedoria dos grandes mestres como Jesus, Buda, Krishna, Yogananda, Confúcio e por aí vai.

Sugestão de leitura: De dentro pra fora. De fora pra dentro

E depois que a xícara transborda, aquilo que “sobra” nela é espalhado para as outras pessoas!

Esse é o caminho para a sabedoria, meus amigos! Sempre escrevo sobre isso aqui, de diversas formas diferentes.

Primeiro se torne tão cheio de si mesmo, tão inteiro e equilibrado, que você irá transbordar esse amor, esse equilíbrio, essa energia!

Uma vez ouvi um programa de rádio do professor e terapeuta Marcello Cotrim chamado “Entrevidas” e no programa ele comentava que tudo aquilo que vem da nossa essência é ilimitado e ele citou a criação artística de um modo geral: música, pintura, escultura, teatro, escrita etc.

Concordo plenamente com ele! E falo a partir de mim mesmo. Não fico preocupado se vou ter inspiração para escrever ou coisas parecidas. NÃO. Eu simplesmente vou vivendo e deixando que as inspirações venham por si só! E elas vêm, porque procuro ser ESPONTÂNEO.

O Osho sempre ensinava isso para as pessoas, tem até uma frase dele que coloquei em outro texto que diz: “O importante não é ser perfeito e sim ser espontâneo”.

Tudo que tentamos fazer com perfeição está morto antes mesmo de termos começado, porque o perfeccionismo é uma doença, um distúrbio. O Osho também falava isso: “Qualquer coisa viva precisa ser imperfeita”. Acredite! A CRIATIVIDADE vem da IMPERFEIÇÃO.

Quanto mais você tiver essa certeza de que tudo que fizer será imperfeito, mais criatividade vai surgir no seu coração e mais você irá transbordar.

Deixe que essa criatividade flua a partir do seu coração. E isso pode ser levado para tudo viu? Levei para o campo artístico porque é nele que a criatividade é mais evidentemente expressada.

Você pode levar isso para a sua família, para o seu relacionamento amoroso, para o seu trabalho, para o seu grupo religioso e por aí vai!

Seja ESPONTÂNEO. Da espontaneidade nasce e cresce tudo que há de melhor na gente!

Para concluir, preciso falar sobre um componente fundamental, a PRESSA. Muitas pessoas não conseguem essa criatividade por causa da pressa. Leia mais uma vez: “As flores só surgem quando a árvore transborda, e as canções também só aparecem quando a pessoa transborda”.

As flores não surgem antes da hora e uma pessoa criativa não surge da noite para o dia, ela precisa ser lapidada. E o que lapida essa criatividade? O AUTOCONHECIMENTO. Se aprofunde nessa busca pelo autoconhecimento que tudo na sua vida se tornará um transbordamento.

Daí você cantará a sua própria canção, como o Osho e os grandes mestres nos ensinaram.

Paz e luz…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Qualquer coisa viva precisa ser imperfeita

Por Isaias Costa

8-frases-1024x709-624x432

Li uma frase do místico Osho que me fez refletir muito e me inspirou a escrever esse texto que você lê agora! Ela dizia o seguinte:

“Se alguma coisa é perfeita, então ela tem de estar morta. Qualquer coisa viva precisa ser imperfeita.”

Apesar de curta, ela nos remete a uma série de questionamentos! Aproveito a oportunidade para fazer um link com a nossa MISSÃO DE VIDA, através de uma das minhas frases favoritas do escritor francês Richard Bach:

Eis um teste para saber se você terminou a sua missão na terra: se você está vivo, não terminou”.

É bem interessante relacionar esses dois pensamentos. Enquanto nós estamos vivos, a própria vida nos dá OPORTUNIDADES de cumprirmos bem a nossa missão de vida, que antes de qualquer coisa, precisa ser encontrada.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O poder da palavra respeito

Por Isaias Costa

be-the-change

Outro dia estava refletindo sobre a belíssima palavra RESPEITO a partir de uma conversa em uma aula que estava assistindo e resolvi compartilhar parte da reflexão aqui no blog.

Quando nós quebramos essa palavra ela fica assim:

RES + PEITO => res(pirar) o ar que passa no peito

Da mesma forma, o contrário de respeito é desrespeito:

DES + RES+ PEITO => não res(pirar) o ar que passa no peito

Percebe como é lindo? Em outras palavras, elas querem dizer que se eu respeito alguém, eu ABSORVO algo que ela tenha a me transmitir, e se eu desrespeito alguém, quero simplesmente ver essa pessoa bem longe de mim.

Porém, o mais interessante é o que vou dizer agora, é uma experiência de vida e que cada vez mais estou procurando colocar em prática.

Se você procura respeitar a TODOS, mesmo que a outra pessoa não seja digna de respeito, quem mais sai ganhando é você mesmo, porque a outra pessoa será para você uma professora de virtudes difíceis de serem aprimoradas como a compaixão, a paciência, a doçura, o silêncio e por aí vai.

Não é incrível? Adoro as palavras da querida monja budista Jetsumna Tenzin Palmo. Ela sempre diz nas suas palestras que, se não fossem as pessoas arrogantes, prepotentes, agressivas, preconceituosas etc. como ela poderia saber se as suas práticas e meditações estão realmente fazendo algum efeito real na vida?

Eu penso da mesma maneira e estou com esse texto mostrando para você uma das verdades universais que muita gente não consegue aceitar por conta de uma palavrinha chamada ORGULHO.

TODOS NÓS SOMOS MESTRES E DISCÍPULOS, ALUNOS E PROFESSORES

Aquela pessoa que você se pergunta: “Por que ela veio parar na minha vida?”.  SIM! Ela veio lhe ensinar a ser alguém melhor, só resta você ter humildade suficiente para aprender com ela.

A vida me coloca todos os dias diante de milhares e milhares de professores. Minha profissão é a de professor, mas afirmo com todas as letras que sou muito mais um aluno do que um professor, porque me coloco aberto para sempre aprender mais e adquirir novos conhecimentos.

O nosso mundo está como está porque as pessoas estão cada vez mais fechadas em si mesmas, entende? E esse fechar-se em si mesmo não faz com que se criem vínculos sinceros de amizade, de amor, de união, de concórdia.

Perceba! “desrespeito” => Não quero saber de você! Você me faz mal! Não consigo respirar o ar que passa no meu peito…

Está vendo o tamanho da INTRANSIGÊNCIA, da INTOLERÂNCIA!

O respeito pode ajudar até mesmo na nossa saúde sabia? Quanto mais respeito você tem, mais as suas vias aéreas funcionarão bem e doenças relacionadas ao sistema respiratório vão embora.

Estou gravando uma série de áudios sobre a Metafísica da Saúde e convido você a conhecer as doenças que são curadas ao você se tornar mais respeitoso, principalmente com quem pensa e sente as coisas diferente de você! Confira!

Metafísica da asma

Metafísica da Rinite e Sinusite

Metafísica da Gripe

Metafísica dos nódulos na tireóide

O respeito não é apenas uma palavra para falar sobre a ÉTICA, os direitos humanos, o convívio social, a evolução pessoal, mas também para a saúde do corpo. Está vendo como ela é muito mais bonita do que você pensava?

Enfim! Espero que tenha gostado dessa breve reflexão e que a partir de hoje você aprenda cada vez mais a extrair a beleza do ar que passa no seu peito ao conviver com as pessoas das mais diferentes naturezas e temperamentos possíveis!

Paz e luz…

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Desperte a criança no seu adulto

Por Isaias Costa

importancia-dos-pais

O estudo da Psicologia e da Psicanálise são ferramentas incríveis para que nós possamos educar os nossos filhos ou os professores eduquem seus alunos com muito mais sabedoria e discernimento.

Em uma aula no curso que estou fazendo nesse momento, um dos professores disse uma frase que me fez refletir bastante e compartilho com vocês para uma breve reflexão. Diz o seguinte:

“Para você despertar o adulto na sua criança, você tem que despertar a criança no seu adulto.”

Darlan Lima

Frase pequena, mas de mensagem forte e inspiradora!

É muito interessante a sua mensagem porque os adultos e as crianças vivem em universos absolutamente diferentes, mas que precisam se encontrar e ter harmonia.

A criança enxerga o mundo mais a partir do SENTIMENTO. Ela ainda não tem o EGO desenvolvido e forte. Daí a sua inocência. A malícia dos adultos está justamente porque eles são mais dominados pelo ego.

O adulto enxerga o mundo mais a partir do PENSAMENTO, pois o seu lado ID (instintual) foi controlado pelo EGO e pelo SUPEREGO, que vão se solidificando à medida que envelhecemos.

Basicamente é assim que acontece, a criança é mais instintiva, ela está conhecendo o mundo e ainda está aprendendo a ter suas primeiras impressões na vida. Porém, o adulto já passou por uma série de experiências e aprendeu a distinguir muita coisa, o bom do ruim, o certo do errado, o melhor do pior e por aí vai.

Na linguagem psicanalítica, essa distinção tem a ver com nossas LEIS, e essas leis é o nosso SUPEREGO, que é extremamente frágil nas crianças, entende?

Portanto! Com essa breve teorização, agora você está entendendo melhor essa frase inicial não é mesmo?

A criança aprende através do EXEMPLO dos pais muito mais do que com suas palavras. Nunca esqueça, elas funcionam a partir do sentimento e não dos pensamentos, porque o ego delas tem dificuldade de processar as informações como nós adultos!

Então, não são elas que tem que ser diferentes, somos nós que precisamos ENTRAR NO UNIVERSO DELAS.

Nós precisamos aprender a ser mais guiados pelo sentimento, aprender a equilibrar mais a razão com a emoção.

Você entende agora por que as crianças pequenas são tão apegadas à mãe, de um modo geral? Porque as mulheres normalmente são mais sentimentais do que os homens.

E você percebe o quanto as crianças começam a se identificar mais com o pai quando vão adentrando na adolescência? Por quê? Porque nesse período os adolescentes estão desenvolvendo o lado mais racional, predominante nos homens.

O que existe é a chamada PROJEÇÃO DE PERSONALIDADE. Que pela Psicologia, de 0 a 7 anos, a criança absorve mais o que aprende da mãe, e de 7 a 14 anos absorve mais o que aprende do pai.

Por isso que é tão importante ter uma figura masculina na educação. Muitos distúrbios, transtornos, medos, fobias etc. surgem porque a criança não teve a figura do pai muito presente, e ele é fundamental para que ela possa crescer e se tornar de fato adulta.

Interessante essas teorias, não é mesmo? Mas eu espero que você não leia esse texto apenas para adquirir conhecimentos técnicos. Eu desejo que você de fato busque despertar a sua criança interna. Como Isaias? Oras! Autoconhecimento! Quanto mais você se conhece, mais essa criança interna irá desabrochar.

Se você está lendo esse texto mostra que você busca esse autoconhecimento. Continue se aprimorando, que você e todos os seus filhos vão agradecer por isso! Ah, e a sociedade também, por tabela, afinal, você vai se tornar alguém melhor com o autoconhecimento, logo a sociedade vai melhorar com a sua melhora!

E para continuar refletindo sobre esse tema incrível, sugiro que você assista ao lindo documentário “O começo da vida”, que fala sobre a beleza de ser pai e mãe e saber do papel fundamental na construção do caráter e da personalidade dos pequenos.

451869

É um filme emocionante que mostra a realidade do Brasil e de vários outros países. Aprendi muito com ele e acredito que você também vai aprender muito ao assisti-lo…

“Para você despertar o adulto na sua criança, você tem que despertar a criança no seu adulto.”

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Se indignar é bom, se revoltar jamais

Por Isaias Costa

revolta_bjf_

O Brasil e o mundo todo estão passando por crises das mais diversas possíveis e um sentimento perfeitamente comum e justificável para quase todos nós é o de indignação, porém, quero fazer a partir desse texto um alerta para que essa indignação não se transforme em revolta, um sentimento bastante destrutivo.

Gosto muito de conhecer as raízes das palavras. Indignação vem da palavra DIGNO, que significa MERECIMENTO. Ou seja, indignação significa “não merecimento”.

Sempre que eu me indigno com algo é porque eu sinto que aquilo não está me fazendo bem e que estou sendo de alguma forma injustiçado. Ter esse sentimento é muito bom, é o começo de uma conscientização e possível mudança.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Torne-se suave

Por Isaias Costa

12974296_juPqZ

Eu sempre aprendo muito com a sabedoria do místico oriental Osho. Sua forma de ver enxergar o mundo e a vida é muito profunda e nesse texto farei uma breve reflexão sobre a SUAVIDADE a partir das suas palavras…

**************

O suave sempre supera o rígido. O suave é vivo; o rígido é morto. O suave é como uma flor; o rígido é como uma rocha. O rígido parece poderoso, mas é impotente; o suave parece frágil, mas é vivo.

Tudo o que é vivo sempre é frágil, e quanto mais elevada a qualidade da vida, mais frágil ela é. Assim, quanto mais fundo você for, mais suave se tornará, ou quanto mais suave você se tornar, mais fundo irá. O âmago mais profundo é absolutamente suave.

Este é todo o ensinamento de Lao Tzu, o ensinamento de Tao: seja suave, seja como a água e não como a rocha. A água cai sobre a rocha, e ninguém pode imaginar que finalmente a água irá vencer. É impossível acreditar que a água irá vencer. A rocha parece ser tão forte, tão agressiva, e a água parece tão passiva… Como a água irá vencer a rocha? Mas, no momento devido, a rocha simplesmente desaparece. Aos poucos, o suave penetra no rígido.

Assim, deixe que isso seja uma lembrança constante. Sempre que você começar a sentir que está se tornando rígido, imediatamente relaxe e torne-se suave, seja qual for a conseqüência. Mesmo se você for derrotado e momentaneamente perceber que haverá uma perda, deixe que haja a perda, mas torne-se suave – porque, a longo prazo, a suavidade sempre vence.

Osho

***************

É muito interessante essa comparação com a ÁGUA, a água é fluida. Ela simplesmente FLUI por onde estiver, CONTORNA os obstáculos!

Nós, por conta de uma série de condicionamentos, medos, inseguranças etc. nos distanciamos da nossa verdadeira natureza, que é amorosa, pacífica e suave.

Nosso corpo é constituído em torno de 70% de água, mas mesmo sabendo disso, muita gente insiste em viver de forma rígida e apegada às coisas materiais.

O Osho sempre dizia em suas conferências que “o desapego é a essência do caminho”, e concordo plenamente com ele. Quem aprende a fluir com a vida, pensando único e exclusivamente no aqui e agora, no momento presente, vive com mais intensidade e não tem medo do futuro, não fica ansioso para que tudo se resolva o mais rápido possível, e também não fica remoendo o passado, voltando na memória as dificuldades e sofrimentos vividos.

É muito interessante sua visão, porque bate de frente com o que nossa sociedade doente nos ensinou. Esse é o caminho para se tornar MADURO. Quanto mais suave, sereno e pacificado você for, mais maduro você é. Porém, nós aprendemos que ser maduro é ter uma cara “carrancuda”, é ser sério, é não dar espaço para as “brincadeiras” na vida. Já pensou? Não é à toa que tanta gente está tão infeliz!

Pois eu vou com o Osho! Os mais maduros são os INOCENTES, os que enxergam a vida com olhos de criancinha pequena com desejo de desbravar o mundo!

Por conta de tantos valores distorcidos que nos foram ensinados como o CONSUMISMO e a COMPETIÇÃO, por exemplo! Estamos nos transformando em robôs sem alma, sem encanto, sem doçura e meiguice. Está passando da hora de resgatarmos a nossa essência divina, concorda comigo?

Enfim, amigos. Essa breve reflexão é apenas uma forma de lhe incentivar a ser mais parecido com a água e lhe lembrar que você também é água, então FLUA com a vida. Resgate essa inocência que você deixou perdida em algum lugar!

Para que você continue refletindo um pouco sobre esse tema incrível, compartilho um pequeno áudio que eu gravei falando um pouco sobre a MATURIDADE a partir da visão incrível do Osho! Ouça e aplique esses ensinamentos na sua vida. Assim você vai tornar a sua vida cada vez mais suave!

Paz e luz…

A maturidade segundo Osho

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O “start” consciencial

Por Isaias Costa
5086312_m
Eu sou apaixonado pelo estudo da mente humana e já me deparei com as teorias e conceitos de diversos pesquisadores. Outro dia estava refletindo bastante sobre os nossos saltos de consciência, que quando acontecem, ampliam a nossa visão de mundo. Nesse pequeno texto vou viajar pelos pensamentos e alguns pensadores. Vamos viajar?

Esse título do texto é apenas um dos milhares de nomes que podemos dar para os nossos saltos de consciência, “start” consciencial. Existem muitos outros como “virada de mesa” ou mesmo “insight”.

O mais interessante de tudo é que esses insight acontecem de forma diferente e num tempo diferente para cada pessoa. Como estudo Psicanálise, hoje tenho bem mais consciência de que esses insights dependem de uma série de fatores para acontecer. Vou resumi-los para que você entenda de maneira simples e objetiva.

Nós temos o consciente, o subconsciente e o inconsciente. O inconsciente preenche em torno de 90 a 95% da nossa psique, ele registra tudo que nos acontece desde a nossa concepção no útero materno até o dia da nossa partida, isso desconsiderando as teorias de regressão à outras vidas, que complexifica ainda mais tudo isso.

Para que elevemos a nossa consciência, é preciso que conteúdos do inconsciente sejam de certa forma levados para o subconsciente, para então se tornarem conscientes. Portanto, todo processo terapêutico tem essa finalidade, fazer com que a pessoa mude chaves do seu SUBCONSCIENTE. Tudo começa daí!

As mudanças só se tornam efetivas e verdadeiras quando essas chaves do subconsciente se tornam conscientes e a pessoa não tem mais qualquer tipo de sofrimentos, dores, amarguras emocionais envolvidas com algo específico. Esse processo recebe o nome de “start” consciencial, elevação da consciência, “insight“, e por aí vai!

Eu acho interessante o fato de que para algumas pessoas, adquirir consciência é mais fácil e rápido do que para outras, e cada vez mais eu vejo isso. Aqui colocarei duas visões bem diferentes, mas bastante enfáticas e reflexivas. Uma delas é a do Budismo, que tomei conhecimento através da querida Monja Coen. Ela conta que existe uma parábola oriental que fala sobre os 4 cavalos, o 1º se movimenta apenas vendo a sombra do chicote, o 2º quando recebe uma leve chicotada, o 3º quando a chicotada machuca a pele, e o 4º apenas quando a carne é rasgada e atinge os ossos.

O 1º seriam as pessoas mais sábias, que aprendem apenas com observação do comportamento dos outros e distinguem o certo do errado, o bom do ruim. O 2º são as pessoas que se esforçam para serem melhores e estudam, se dedicam para isso, mas dão uns “vacilos” aqui e ali! O 3º são os “teimosinhos” de plantão, que precisam levar umas chibatadas da vida, e o 4º são as pessoas que gostam de sofrer e se alimentam do sofrimento a vida inteira. Não há nada de errado em ser qualquer um dos 4 cavalos, mas o ideal é que consigamos crescer em consciência para não sermos o 4º cavalo, como tanta gente infelizmente acaba optando por ser, não é mesmo?

E você, seria qual dos 4 cavalos? Faça essa breve reflexão hoje!

O “start” consciencial nesse caso, seriam as chicotadas e através delas o caminhar entende? No fim, todos caminham e evoluem, uns mais rápido e outros mais devagar.

Outra visão muito bonita é a do pai da Psicanálise “Sigmund Freud”. Ele tem uma teoria chamada “Compulsão à repetição”, que nos seus livros é colocado com linguagem rebuscada e científica. Vou explicar de modo bem simples para você. Veja só!

A compulsão à repetição são comportamentos autodestrutivos que se repetem de forma inconsciente, porque a pessoa se prende aos ganhos secundários de determinada atitude. O sofrimento se repete e a pessoa entra num círculo vicioso por causa disso. Nessa teoria pode-se colocar praticamente todos os vícios e seus gatilhos.

Vou deixar apenas um exemplo e sugerir um filme que exemplifica bem isso. Uma mulher conhece um homem, se apaixona e acaba transando com ele na primeira noite, no dia seguinte o rapaz não quer mais saber dela e já está interessado em outra mulher. Ela sofre demais com isso e se amargura com esse sentimento. Porém, quando menos espera já está fazendo a mesma coisa com outro homem e tudo se repete. Esse é um caso clássico de compulsão à repetição.

Existe um gatilho para que essa situação se repita: conhecer um homem, se apaixonar e transar com ele na primeira noite.

Uma forma simples de mudar esse padrão seria não transar com o homem na primeira noite, pois assim ela seria vista como uma mulher qua não se entrega tão facilmente assim aos encantos e conquistas de um homem. Ela mudou o gatilho e dessa forma mudou seu destino, entende? A compulsão acaba com essa mudança consciente! De forma semelhante se dá o vício em comer demais, em fumar, em beber e por aí vai! É simples não é? Essas são as teorias freudianas em linguagem leiga.

Nesse caso o “start” consciencial se deu com a mudança dos gatilhos emocionais! E assim houve uma mudança de comportamento.

OK! O nome do filme que traz esse exemplo que eu dei se chama “Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou”. Uma comédia romântica muito legal. Recomendo fortemente que você assista!

O mais legal é quando nós tomamos consciência dos nossos processos internos, sabe? É aquela hora que a gente diz com vontade!:” Ahhhhhhhhhh! Agora eu entendi…”. E abre aquele sorriso! rsrsrs

O que faço com meus textos é isso. Trago informações preciosas que ajudam nessas mudanças de chave do SUBCONSCIENTE. E quando cada pessoa está no momento certo de ler e aprender ela fala essa frase incrível aqui em cima. Não é bacana? Esse é o “start” consciencial!

Que você tenha milhares de “starts” ao longo da sua vida e se de alguma forma eu contribuir com isso, maravilha. Fico feliz com isso!

Muito sucesso na sua vida…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized