Arquivo da tag: espiritualidade

Confiança é bem diferente de fé

Por Isaias Costa

10-citações-que

É interessante perceber que a maioria das pessoas tem um imensa confusão com relação a fé e confiança. Pensam que é a mesma coisa, mas não são! São absurdamente diferentes, e nesse texto falarei um pouco sobre isso, inspirado nas lindas palavras do mestre Osho, extraídas do seu livro chamado “Confiança”.

**************

“A fé é apenas uma sobreposição. É como beijar uma pessoa que você não ama. Do lado de fora é tudo igual, você está fazendo o gesto de beijar. Nenhum cientista vai encontrar nenhuma diferença. Se você beijar uma pessoa, a cena, o fenômeno fisiológico, a transferência de milhões de germes de um lábio para o outro, é tudo exatamente igual se você ama ou não. Se um cientista observar e investigar, qual será a diferença? Nenhuma diferença, nem um pingo de diferença, o cientista vai dizer que ambos são beijos e idênticos. Mas você sabe que, quando você ama uma pessoa, então algo do invisível passa entre vocês que não pode ser detectado por nenhum instrumento. Quando você não ama uma pessoa, então você pode dar um beijo, mas nada passa entre vocês. Nenhuma comunicação de energia, nenhuma comunhão acontece.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Introdução aos mecanismos de autossabotagem – Uma visão psicanalítica

Por Isaias Costa

sabotagem

É com grande alegria que compartilho com todos os leitores um artigo mais longo que escrevi como um requisito para a conclusão do curso de formação em Psicanálise que iniciei em 2015 e estou concluindo em dezembro de 2017.

Como eu sei que essa é uma temática que interessa a muita gente, por ser um tema universal, a AUTOSSABOTAGEM, decidi compartilhar o artigo completo com todos vocês!

Por ser mais extenso, recomendo que você o imprima, para a leitura se tornar mais agradável. Pensando nisso, fiz questão de disponibilizar o link com o arquivo em PDF para baixar e imprimir! Está logo abaixo, é só clicar!

Tenha uma boa leitura

Introdução aos mecanismos de autossabotagem 

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Os dedos do universo são longos

Por Isaias Costa

humildade

Eu gosto muito de ler os textos do site “Yoskhaz”. Sempre são textos muito profundos e inspiradores. Num texto intitulado “Os desertos do ser”, há uma interessante reflexão sobre a HUMILDADE a partir das lamentações de uma mulher que se sentia injustiçada porque na empresa na qual trabalhava houve uma promoção e ela não foi escolhida. Se achava a mais preparada para assumi-la e também achava que o rapaz que a assumiu não conseguiria dar conta tão bem quanto ela.

Nisso, o “Velho”, personagem do texto, dá uma resposta absolutamente sábia a ela. Resposta esta que transcrevo aqui embaixo.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Precisamos desenvolver músculos espirituais

Por Isaias Costa

thumb

No maravilhoso livro da querida monja budista Jetsunma Tenzin Palmo chamado “No coração da vida”, em determinado trecho ela levanta uma reflexão que venho me fazendo praticamente todos os dias.

Estamos vivendo momentos de imensa intolerância entre as pessoas, e pior do que isso, está crescendo a FRIEZA e a INDIFERENÇA, que, em minha opinião, estão entre as maiores mazelas do ser humano.

Antes de prosseguir a reflexão, compartilho as suas palavras que me inspiraram a escrever esse texto. Leia com bastante atenção…

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A vida quer da gente é coragem

Por Isaias Costa

22788722_2116145748411391_1699317793806510957_n

Nessa semana eu me deparei com uma frase muito bonita do extraordinário escritor Guimarães Rosa, na qual ele falava que a vida exige de nós CORAGEM. Sem a coragem não conseguimos dar conta da nossa missão, do que viemos fazer nesse mundo. Segue a linda frase dele.

*********

“O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.”

Guimarães Rosa

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

O que fazer com um acusador?

Por Simone Oliveira

“Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela”.

Inclinou-se novamente e continuou escrevendo no chão. João 8:7.   

A reação de cada um é diferente quando se depara com algo que está fazendo de errado. Muitos se culpam e se autoflagelam a fim de se livrarem do opróbrio da dor, ou então assumem penitências como se as merecessem por terem falhado com elas mesmas ou com alguém muito próximo a quem não deveriam ter decepcionado.

chuva de pedra

Nada disso é saudável. Considerando que o arrependimento é uma defesa da mente, uma amostra real do fato de que somos racionais e, portanto, constantemente inundados pela razão apontada pela consciência, em detrimento das ações por impulso ou então sabendo que eram erradas, as praticamos mesmo assim, sentir a culpa no primeiro momento é natural; porém, se não soubermos lidar com ela podemos cair em duas ciladas:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Descobri que não tenho amigos

Por Simone Oliveira

amigos

Isso mesmo. E foi uma triste e fatídica notícia que caiu como uma bigorna na minha cabeça. Não, eu não chorei. Apenas fiquei perplexa com tudo aquilo que estava acontecendo bem em baixo do meu nariz e eu, como ingênua, relegava ao segundo plano, justamente para não ter que pensar nisso ou decidir o que fazer a respeito.

Descobri que não tenho amigos. Tenho meus pais, a quem amo muito. Tenho meu namorado, que é uma pessoa maravilhosa e está na minha vida há quase 5 anos e me faz feliz todos os dias; tenho meus planos para o futuro e minhas metas diárias para alcançá-lo com planejamento, tenho meu meio social, meus colegas, conhecidos, pessoas que fazem questão de perguntar sobre a minha vida, mas não, eu não tenho amigos. Amigos de verdade, daqueles que podem ser chamados de irmãos, sabe? Esses eu pensava que tinha, mas não tenho. Pelo menos, não mais.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Nossas autodefinições congeladas

Por Isaias Costa

22164054704645

Um dos grandes mestres que vive entre nós é o mestre Eckhart Tolle, que vem fazendo um trabalho de conscientização espetacular ao redor do mundo inteiro. Venho aprendendo muito com sua imensa sabedoria. Nesse texto venho compartilhar com você algumas palavras dele e fazer uma breve reflexão a respeito delas. Confira…

*************

Pare de se definir — para você mesmo ou para os outros. Se abra à vida. E não se preocupe com que os outros possam julgar você. Quando eles julgam, eles estão limitando a si mesmos.

Uma vez que você esteja identificado com alguma forma de negatividade, você talvez não queira deixar de ir (as coisas negativas) em um nível inconsciente profundo, você não quer uma mudança positiva. Isto poderia ameaçar a sua identidade como uma pessoa deprimida, uma pessoa com raiva ou difícil de lidar. Você então vai ignorar, negar ou sabotar os aspectos positivos de sua vida. Este é um fenômeno comum. É também algo semelhante a uma loucura.

Eckhart Tolle

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Todas as pessoas podem ser pontes

Por Isaias Costa

d4c5bbadf8532576a973e575d4a3eab3.jpg

Sri Yukteswar e Paramahansa Yogananda

Quem já acompanha o blog a mais tempo já deve ter percebido que eu sou fãzaço do mestre Paramahansa Yogananda. Escrevi dezenas de textos inspirado nas suas sábias palavras. Porém, uma coisa precisa ser dita. Ele só se tornou o iluminado que se tornou porque foi guiado por um mestre também iluminado, o grande Sri Yukteswar.

Nesse texto farei uma breve reflexão inspirado nas suas palavras. Leia com bastante atenção…

***************

 “Aquele que não consegue perdoar os outros acaba por destruir uma ponte pelo qual ele mesmo terá que passar.”
— George Herbert

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Amor de conveniência

Por Isaias Costa

O-que-você-deve-fazer-quando-o-seu-namorado-ficar-distante-600x338

Lendo o maravilhoso livro do grande Mario Sergio Cortella “Viver em paz para morrer em paz”, eu me deparei com um texto que me fez refletir bastante, intitulado “O raio da paixão e a construção do amor”, no qual ele falava que o amor é construído no dia a dia e nas pequenas coisas, nas mais singelas possíveis é que o amor é nutrido e pode continuar forte por amor a fio. Leia com bastante atenção esse trecho logo abaixo…

***************

“Assim, o amor é uma sensação de pertencimento recíproco que almeja a plenitude. No fundo, o amor é uma identidade, pois eu me encontro no outro ou na outra. O amor tem turbulências, mas ele não é confrontante, e sim conflitante. O amor, ao contrário da paixão, oferece paz – sendo que paz não é ausência de conflitos, e sim a capacidade de administrar conflitos para que não haja ruptura. Assim, se você consegue guardar o meu amor, se cuida dele, eu fico. Mas, se não cuida nem guarda, eu parto. Há também os casos em que o amor não é cuidado e nem guardado, mas a pessoa resolve ficar mesmo assim. Nesses casos, isso é conveniência e não convivência.”

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized