Arquivo da tag: Filosofia

Uma interpretação diferente para a música “Eu nasci há 10 mil anos atrás”

Por Isaias Costa

A música “Eu nasci há 10 mil anos atrás” certamente é uma de suas músicas de maior sucesso até hoje. Como o Raul compôs centenas de incríveis obras de arte, sabemos que elas nos permitem fazer as mais diversas interpretações.

A interpretação mais comum desta música está conectada fortemente ao conceito de vidas passadas, no qual o Raul fala que nasceu há 10 mil anos atrás porque já viveu muitas vidas e o personagem do velhinho sentado na calçada seria um ser praticamente iluminado e que recordava destas inúmeras vidas passadas.

Porém, refletindo bastante sobre essa letra pensei numa nova interpretação super coerente e sei que vocês, que são mega fãs do Raulzito, vão gostar!

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Não há poupança mais valiosa do que nosso progresso constante

Por Isaias Costa

“Qual será a poupança mais valiosa deste mundo? Não há poupança mais valiosa do que o nosso progresso constante. O desenvolvimento de nossa capacidade, em si, já nos proporciona alegria. Mas, quando conseguimos contribuir para a humanidade com essa capacidade desenvolvida, sentimos uma alegria indescritível. O esforço para o aprimoramento de si mesmo, o anseio de se tornar cada vez melhor, a admiração por aqueles que são mais elevados – tudo isso torna a vida bela, proporciona motivação nesta vida, ilumina a vida com a luz da esperança, faz com que esta vida valha a pena.

Quando perdemos o ardoroso desejo de progredir, começamos a trilhar o caminho do retrocesso e da decadência, tornando-nos fracos e pusilânimes. A água, quando para de fluir, acaba apodrecendo. As plantas que crescem continuamente, tais como a sequoia e a canforeira, vivem mais de mil anos; mas as plantas que, após crescerem até certo ponto, cessam de se desenvolver, logo começam a envelhecer e enfraquecer. Também no tocante ao ser humano, se vemos alguém que não se desenvolve rapidamente, não devemos considerar isso um defeito. Não continuar se desenvolvendo com perseverança – isto sim, é um defeito.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

“Quem não fica nervoso (antes de um desempenho) é porque não dá importância ao que faz”

Por Isaias Costa

Tecnicas_de_apresentação_para_pe

“Quem não fica nervoso (antes de um desempenho) é porque não dá importância ao que faz”

Antonio Meneses, violoncelista pernambucano.

Eu gosto de observar as pessoas em seus trabalhos e ocupações. Uma das coisas que mais me deixa feliz é ver o brilho no olhar e a forma entusiasmada das que trabalham com afinco. Quem no dia a dia do trabalho tem essa característica, comumente consegue se destacar, crescer, subir na carreira e o mais importante, são lembradas por muito tempo pelas pessoas com que tiveram contato.

Eu já sou professor há 12 anos (na data em que escrevo esse texto) e ainda hoje quando começa uma turma nova me dá um certo frio na barriga e um pouco de nervosismo. E não se trata de insegurança, se trata de valorização do trabalho. Na minha mente vem aquele desejo de passar uma boa impressão e ser cativante para os alunos. E isso dá um pouco de nervosismo.

=> Clique aqui para ler o texto completo

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Tão humanos quanto Jesus!

Por Andreia Carvalho 

jesus-cristo-ii-ec--800x500_c
O que pode nos caracterizar como humanos?

Biologicamente, humano (homo sapiens) é o termo utilizado para caracterizar a espécie viva evolutiva que se difere das demais por possuir inteligência e razão. Para a sociologia é aquele indivíduo que é capaz de viver em sociabilidade com os demais. Já a Psicologia enveredou-se por caminhos ainda mais complexos em suas várias abordagens para compreender o humano e seus processos mentais. Muitas outras vertentes cientificas conceituariam de outras formas, mas… o que realmente nos diferencia dos demais animais?

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A arte tem o poder de nos resgatar dos nossos abismos

Por Isaias Costa 

68675909_358586314838188_5279879438153023488_n

“A arte é uma corda bem comprida trançada para resgatar pessoas afundadas em abismos”. Essa linda frase de autoria do Alexandre Reis me trouxe grandes reflexões que venho compartilhar aqui com você.

De vez em quando eu gosto de fazer trocadilhos com as palavras, o que também considero uma bela arte! Se você mudar a ordem das sílabas o que aparece? TEAR. Sabe o que é um tear? Não é um verbo como aparenta ser. Na realidade é um aparelho mecânico utilizado em tecelagem. Em outras palavras, vai totalmente ao encontro da definição proposta pelo Alexandre!

Muita gente não conhece esse instrumento, que para manusear, é preciso ser um verdadeiro artista. Se eu fosse colocado para tecer alguma coisa, o desastre estaria garantido! Escrevo isso em tom de brincadeira, mas o que quero dizer que é existem diversos tipos de arte, e elas são exuberantes. Elas têm esse poder de nos retirar dos abismos da vida. Artes manuais, pintura, escultura, música, teatro, cinema, dança, poesia, literatura etc. estão todas dentro desse mesmo universo…

=> Clique aqui para ler o texto completo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Será que Raul Seixas morreu cedo demais?

Por Isaias Costa

1_mMgVwbWo2M4xVKwJlHFbag

Raul Seixas morreu no dia 21/08/1989 aos 44 anos. Publico esse pequeno texto em homenagem a ele 30 anos depois, no dia 21/08/2019, levantando essa pergunta do título: Será que Raul Seixas morreu cedo demais? Muitos dirão que sim, outros que não, e outros simplesmente dirão, não sei!

Lendo o livro “Raul Seixas: Estudos Interdisciplinares”, que traz uma coletânea de artigos, no artigo da Mônica Buarque intitulado “Rebeldia e negociação na trajetória artística de Raul Seixas”, dois trechos me chamaram bastante atenção e me inspiraram na escrita desse texto.

Em um texto de 1971, o cantor se pergunta “onde está Raul” enumerando suas contradições e responde não estar “ali ou aqui, rótulos prontos para serem usados”: No intelectual? No menino família? No hippie, no político? No eterno hipocondríaco? No sensual? No estudante de filosofia? No compositor popular? Ou quem sabe no poeta modernista? No cínico? No produtor de discos? – Raul Seixas

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O Que é Minimalismo?

Por Juan O’Keeffe

minimalismo

O tema do minimalismo é fascinante e nunca escrevi aqui no blog diretamente sobre ele. Compartilho então esse texto do meu amigo Juan O’Keeffe que exprime de forma simples e objetiva essa filosofia. Espero que gostem!

**************

A palavra minimalismo tem ganhado bastante popularidade recentemente. Muitos tem promovido o minimalismo como um estilo de vida que vale a pena ser seguido.

Eu particularmente achei fantástico esse conceito. Me pegou e já está fazendo parte do meu dia a dia faz um tempo.

Então achei que seria legal escrever sobre isso para deixar claro do que se trata e como podemos nos beneficiar.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

É de pouco valor aquilo que primeiramente tem de se provar

Por Isaias Costa

_105136827_mural

Mural na Universidade do Bío-Bío no Chile retratando Paulo Freire Link: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-46830942

“Coisas de respeito, como homens de respeito, não trazem assim na mão os seus motivos. É indecoroso mostrar os cinco dedos. É de pouco valor aquilo que primeiramente tem de se provar.” – Nietzsche, “Crepúsculo dos ídolos”

O Nietzsche tinha muita sabedoria e profundidade em praticamente tudo que escrevia. Esse pensamento me levou a refletir sobre várias questões e quero compartilhar com você nesse texto.

Uma das principais mensagens que ele transmite é sobre a humildade em contraposição ao orgulho e a vaidade. As pessoas mais bonitas, no meu entendimento, são aquelas que sabem trabalhar em silêncio em prol do bem, do amor, da paz, da união, da partilha etc.

Já comentei em outros textos, mas não custa retomar. A vaidade é um comportamento muito deletério e autodestrutivo. Ela em sua raiz significa “vacuidade” ou “vazio”. Ou seja, alimentar a vaidade é alimentar os nossos vazios interiores. Percebe o quanto isso é forte?

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Rubem Alves: um pássaro encantado eternizado em muitos corações

Por Isaias Costa

rubens-alves-3

“Porque os anjos são homens nascidos sem asas, é o que há de mais bonito, nascer sem asas e fazê-las crescer”.

José Saramago

*******

Já li essa frase do Saramago inúmeras vezes, e como sempre gosto de repetir, esse autor estupendo tinha o poder de escrever textos e livros que permitem as mais diversas interpretações e aprendizados.

Na data em que publico esse texto me bate uma saudade grande de um dos senhores que mais me inspira, principalmente com relação à escrita, o querido Rubem Alves, que nos deixou no dia 19/07/2014.

Lendo um pouco sobre a biografia dele e as diversas fases que ele vivenciou, essa frase se encaixa perfeitamente. Aliás, vale destacar que o Saramago era um dos autores que ele amava. Não duvido que ele tenha lido quase a totalidade dos seus livros…

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Os ecos do menino preso dentro do adulto

Por Isaias Costa

46782827_m-810x540

Li uma frase encantadora do filósofo e escritor espanhol Ortega Y Gasset que me deixaram bastante reflexivo a respeito da infância, quando surgem nossos primeiros sonhos de futuro. Confira!

 “O canto do poeta e a palavra do sábio, a ambição do político e os feitos do guerreiro são sempre ecos de um incorrigível menino preso dentro do adulto”.

Ortega Y Gasset

Apesar de curta, essa frase traz inúmeras reflexões. O que mais gostei nela é a palavra incorrigível. Ela vem dizer que, pelo próprio transcorrer da vida, muitas forças tentam nos desviar do nosso verdadeiro caminho, daquele que nos trará grande realização pessoal.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized