Arquivo da tag: comportamento

A sabedoria prática de Viktor Frankl

Por Isaias Costa

viktor_frankl_quando_a_situacao_for_boa_desfrute_a_quan_lwel6g3

“Quando a situação for boa, desfrute-a. Quando a situação for ruim, transforme-a. Quando a situação não puder ser transformada, transforme-se.”

Viktor Frankl

Apesar de curta, essa frase traz reflexões de imensa importância para nós. O cerne do que o Frankl quis dizer tem relação com nossas ATITUDES na vida. Infelizmente, a maior parte das pessoas tem atitudes extremamente condicionadas, em outras palavras, falta autenticidade, que é uma das virtudes que mais aprecio e procuro desenvolver em mim.

Com relação às situações boas, na realidade, são poucas as pessoas que de fato desfrutam delas, porque isso só é possível vivendo o momento presente. E se existe algo que está em falta no mundo de hoje é a falta de presença. Não é à toa que um dos livros que há tempos está entre os maiores best sellers se chama “O poder do agora”, de Eckhart Tolle, um livro magnífico que já li inteiro três vezes.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Estamos condenados a sermos livres?

Por Isaias Costa

00000609

Uma das palavras que mais recebem definições diversas é LIBERDADE. Se for perguntado a cada pessoa o que ela pensa sobre a liberdade, teremos inúmeras respostas diferentes. Eu mesmo, a cada vez que tento responder o que vem a ser liberdade, falo ou escrevo de uma maneira diferente. Já escrevi diversos textos falando sobre ela, mas agora estou utilizando outras palavras e pensamentos.

Existe uma frase atribuída ao filósofo Jean-Paul Sartre que se tornou famosa. Ela diz o seguinte:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A verdade é uma pedra preciosa

Por Isaias Costa

presente

Esses dias eu ouvi uma palestra maravilhosa com a filósofa e professora da Nova Acrópole Lúcia Helena Galvão, na qual ela falava sobre a importância da GENTILEZA na vida. Com ela nos tornamos seres humanos muito mais prósperos, felizes e realizados.

Num determinado trecho ela conta uma estorinha muito linda para ilustrar o que é ser gentil na hora de contar alguma verdade para alguém.

****************

Havia um rei que em determinada noite teve um sonho e acordou meio perturbado por causa dele. Daí chamou seus conselheiros para que o interpretassem.

Quando veio o 1º conselheiro e o rei contou o sonho ele disse.

– Nossa! Mas que sonho terrível majestade! Esse sonho diz que o senhor vai ver todos os seus parentes e entes queridos morrerem…

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Só seremos felizes quando todos nós formos como jardins

Por Isaias Costa

Keukenhof Gardens - Holanda

Jardim Keukenhof Gardens na Holanda

Eu amo ler as crônicas do mestre Rubem Alves e me encanto com a poesia contida nas suas palavras e reflexões. Muitos não sabem, mas ele era um excelente jardineiro, só não transformou isso em um ofício empregatício. Cultivava plantas diversas no jardim que havia em sua casa.

Na sua crônica “O jardim”, ele explora a beleza imensa contida nos jardins e farei uma reflexão bem existencialista a partir delas. Se prepare para uma bela viagem…

*********

Jardim é paraíso. E paraíso é felicidade. Plantar um jardim é afirmar a confiança de que estamos destinados à felicidade. Pois é isso que significa jardim, que nada mais é que uma tradução do paradisus latino e do paradeisos grego. Palavras que, por sua vez, se derivam do pérsico antigo pairadeiza, que quer dizer “espaço interno fechado”.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Assertividade: O Que É e Como Adotá-la

Por Juan O’Keeffe

o que é assertividade, como ser assertivo

Você tem dificuldade de comunicação com as pessoas? Possivelmente seja porque você não esteja conseguindo se expor assertivamente. Essa é uma habilidade de comunicação bastante útil.

Assertividade é comunicação clara e objetiva com firmeza e segurança. Uma pessoa assertiva é efetiva em comunicar o que quer dizer. Sem rodeios. Sem titubear. Demonstra confiança e clareza na comunicação.

A comunicação assertiva é o meio entre a comunicação passiva e a agressiva.

Comunicação Passiva

As pessoas muitas vezes adotam um comportamento passivo. Aceitam o que lhe é apresentado mesmo quando tem alguma coisa incomodando.

Isso acontece por diferentes motivos. Pode ser por medo de ter sua ideia desaprovada ou virar motivo de risada, por exemplo. Em outros casos simplesmente para evitar o conflito.

O problema de adotar esse estilo de comunicação é que você acaba sofrendo por não se impor e se expressar. O que importa para você acaba sempre sendo deixado para trás. Pense que comportamento “passivo” é de “passar”, ou seja, simplesmente deixar que alguém passe por você.

Comunicação Agressiva

No outro extremo, existem os momentos em que se faz uso de comunicação agressiva.

Esse tipo de comunicação apresenta características como ser acusatória em relação a outra parte julgando e apontando erros. Pode até mesmo ser interpretada como ofensiva.

Às vezes, pode estar carregada emocionalmente de sentimentos como raiva, por exemplo.

O problema desse tipo de comunicação é que faz o outro lado tomar uma atitude defensiva até contra-atacando e isso pode acabar fechando o canal de comunicação.

Comunicação Assertiva

No meio das duas está a comunicação assertiva. Uma opção bem mais interessante pois permite você se expressar e ser ouvido ao mesmo tempo que mantém um bom diálogo com a outra parte. A comunicação assertiva é o balanço entre a comunicação passiva e a agressiva.

Não é aceitar passivamente o que lhe impuserem e tampouco tentar impor a sua vontade autoritariamente. É colocar a sua visão a respeito do tema de forma calma, clara e objetiva e ao mesmo tempo ouvir e respeitar a posição do outro lado. É favorecer o diálogo.

A assertividade é uma forma de comunicação elegante que torna as pessoas mais abertas a ouvir o que você tem a dizer. Ser assertivo também significa não ter medo de se posicionar. Dizer o que você pensa em vez de “Eu não sei” ou “Você decide”.

Os gestos e o tom de voz também têm relevância. Devem auxiliar na sua expressão demonstrando uma comunicação não agressiva. Você não quer ficar levantando a voz e gesticulando de maneira a parecer uma pessoa hostil que quer impor sua opinião a qualquer custo. Mas tampouco quer se apresentar timidamente a ponto de ser ignorado.

Comportamento assertivo significa adotar um gestual adequado que colabore na sua auto-expressão e um tom de voz que seja suficientemente alto para ser bem ouvido e, ao mesmo tempo, tranquilo, relaxado e seguro.

Exemplos de assertividade

– Seu filho pede para sair para jogar bola. Você diz com calma e clareza, olhando nos olhos dele “Você pode ir jogar bola, mas primeiro vai terminar o tema da escola”.

– Você lidera uma equipe de trabalho em que alguns membros divergem sobre como lidar com um determinado tema. Você diz: “Eu ouvi a opinião de todos. Refleti e tomei a decisão de que faremos isto.”

– Responder uma pergunta do tipo “Sim ou Não” com um “Sim” ou com um “Não” sem criar rodeios com explicações longas e prolixas que não chegam a lugar algum e só trazem confusão.

Uma atitude assertiva envolve também defender os seus direitos e interesses. Conseguir expressar seus desejos e sentimentos de forma apropriada.

Frases que tenham “Eu” como “Eu quero”“Eu preciso”“Eu sinto”fazem parte de um estilo de comunicação assertivo quando usadas não de forma arrogante, mas como um recurso para apresentar claramente as suas opiniões, vontades e sentimentos. Por exemplo:

– “Eu preciso que você me ajude nisto para que possamos concluir esse trabalho ainda hoje.”

– “Quando você chega atrasado, eu sinto que o meu tempo não está sendo respeitado.”

– Alguém mexeu nas suas coisas e você diz com clareza “Eu não gostei de você ter mexido nas minhas coisas”.

– Alguém pergunta pra você “O que vamos comer hoje?”, em vez de titubear você expressa a sua vontade “Hoje eu quero comer pizza”.

Comunicação assertiva também apoia-se em fatos para demonstrar o seu ponto. Por exemplo:

– “Não me sinto à vontade na sua carona pois você gosta de andar em alta velocidade.”

– Em vez de agressivamente falar “Você não está fazendo as suas tarefas direito”, assertividade no trabalho seria dizer “A sua tarefa está incompleta pois faltam os itens a, b e c que deveriam estar presentes”. O foco passa a ser menos na pessoa e mais nos fatos.

Assertividade na comunicação também significa saber dizer Não quando necessário. Claro, de maneira educada, mas clara.

– “Infelizmente não poderei acompanhá-lo esse dia. Tenho um compromisso importante que preciso comparecer.”

Principais benefícios da assertividade

• Comunica melhor o seu recado
• Aumenta sua auto-confiança
• Ajuda você a ser ouvido
• Ajuda a gerenciar as situações de forma mais controlada
• Contribui para você conquistar respeito
• Cria proximidade com pessoas que pensam de forma semelhante
• Reduz o stress ao possibilitar expressar seus pensamentos, desejos e sentimentos

7 Dicas Para Ser Mais Assertivo

Concluindo

Todos nós usamos todos os três tipos de comunicação em um momento ou outro. Às vezes nos comportamos como uma pessoa passiva, em outras como uma pessoa agressiva e, em outras, adotamos uma postura assertiva.

Tudo depende do contexto. Onde estamos, qual o assunto e com quem estamos falando. Os três tipos de comunicação têm o seu momento e, dependendo da situação, pode ser que faça mais sentido aplicar um ou outro. O importante aqui é perceber a importância da assertividade para uma comunicação efetiva e procurar usá-la e praticá-la mais.

Quando você estiver agindo de forma passiva lembre-se que as pessoas não sabem ler a mente. Elas não saberão o que você quer a não ser que você faça essa comunicação com clareza.

E quando você estiver sendo agressivo, lembre-se que isso também pode estar afastando você da outra pessoa e criando barreiras de comunicação.

Assertividade é conseguir articular seus desejos e necessidades e ao mesmo tempo estar aberto aos desejos e necessidades do outro. Um estilo que pode trazer mais eficácia para a sua habilidade de comunicação.

Link: Assertividade: O que é e como adotá-la

JuanOKeeffe2Empreendedor, pai de um menino chamado Lucas e de uma cachorrinha chamada Nina. Bacharel e mestre em Administração de Empresas pela PUC-RS também estudei por um ano nos EUA. Ex-funcionário do mundo corporativo onde atuei em funções de analista e gerente de projetos de software em multinacionais Fortune 500 como HP e Dell. Atualmente meus maiores interesses são desenvolvimento pessoal, cães, negócios e alimentação saudável.

nicação clara e objetiva com firmeza e segurança. Uma pessoa assertiva é efetiva em comunicar o que quer dizer. Sem rodeios. Sem titubear. Demonstra confiança e clareza na comunicação.

A comunicação assertiva é o meio entre a comunicação passiva e a agressiva.

 

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Breve estória Zen sobre honestidade e justiça

Por Isaias Costa

ftw-940x-honestidade.fw_

Recentemente conheci uma estorinha Zen muito bonita e profunda em ensinamentos. Eu a conheci ouvindo as palestras incríveis da filósofa Lúcia Helena Galvão, professora da escola de Filosofia Nova Acrópole de Brasília.

A estória resumidamente diz mais ou menos assim…

**********

Havia um mosteiro com diversos discípulos e estava passando por grandes dificuldades financeiras. Ao ponto de a qualquer momento terem que fechar o mosteiro devido às dívidas.

O mestre parecia não estar preocupado com tudo isso e continuava sua rotina normalmente, com suas meditações e seu típico silêncio, o que de fato faz parte da tradição Zen.

Seus discípulos se reuniram com ele e disseram:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Vale a pena se apoiar nos ombros de gigantes?

Por Isaias Costa

Existe uma linda frase atribuída ao grande cientista Isaac Newton que diz o seguinte: “Se cheguei até aqui foi porque me apoiei nos ombros de gigantes”. Essa é uma frase que inclusive repliquei em vários textos de minha autoria.

isaac_newton_se_cheguei_ate_aqui_foi_porque_me_apoiei_n_l33m6mw

Porém, hoje venho me questionar e acima de tudo, questionar a você que me lê: “Vale a pena se apoiar nos ombros de gigantes?”. Em um primeiro momento essa parece ser uma pergunta meio maluca, do tipo que se responde: “Mas é óbvio que sim…”. Será que é tão óbvio?

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O Quê São Virtudes?

Por Juan O’Keeffe

Virtude da Prudência – Gaetano Susali – Veneza
Foto por Wolfgang Moroder

Olá,

Que bom que você está aqui.

Um tópico que me interessa bastante e pretendo explorar aqui no blog ao longo do tempo é o cultivo à virtudes. Mas antes de entrar no detalhamento a fundo de cada uma das virtudes do ser humano, achei por bem primeiro escrever este artigo base apresentando o significado de virtude e quais os seus tipos.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Como ser uma pessoa bem instruída?

Por Isaias Costa

Livros-de-pessoa-instruída-740x555

Eu sou um amante da etimologia, que é o estudo das raízes das palavras. Inclusive recentemente aprendi com a querida professora de Filosofia da Nova Acrópole Lucia Helena Galvão que boa parte do que podemos refletir sobre a Filosofia se esconde dentro das próprias palavras. E não é que ela tem razão? Quero nesse texto lhe levar a refletir sobre uma palavra que quase ninguém conhece sua origem: INSTRUÇÃO.

Todos nós vamos para a escola bem novinhos, em média com 3 anos de idade, e ficamos lá até os 17 anos. Só aí são 14 anos de estudo. Depois vamos para a faculdade estudar por mais 4, 5 ou 6 anos dependendo do curso. E como hoje em dia cada vez mais se exige uma especialização, aí se vão mais 2 anos de mestrado, e para os corajosos de plantão, mais 4 anos de doutorado. Somando tudo são em torno de 24 a 26 anos de estudo. Tudo para adquirir todo um cabedal de instruções! Quando paramos para pensar em termos de anos a coisa vai longe hein?…

Encontrei, pesquisando na internet, um artigo curto e bem interessante sobre a etimologia da palavra instrução. O título, para os interessados é: “A etimologia de alguns vocábulos referentes à educação”, do professor de Letras da Universidade Federal de Uberlândia Evandro Silva Martins. Abaixo transcrevo suas palavras.

=> Clique aqui para ler o texto completo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Como Você Reage Frente à Adversidades?

Por Juan O’Keeffe

adversidade-1-

 

Imagine os seguintes cenários.

Você leva seu cachorrinho no pet shop para tomar banho.

Chegando lá a atendente diz que infelizmente não poderá receber o seu cachorro pq a petshop já está lotada para o dia.

Você sai de lá pensando: “Atendente desgraçada, nunca mais volto nesse lugar!”.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized