Arquivo da tag: perspectivas

A tristeza tem o aspecto didático da aceitação do fim de um ciclo

Por Isaias Costa

tristeza

O pranto, às vezes, é como a chuva tão esperada pela semente escondida no leito do humo. Dele a vida faz brotar.”

Prof. Hermógenes

Essa linda frase do livro “Mergulho na paz” do Prof. Hermógenes é muito verdadeira e profunda. Traz um olhar metafísico para o significado da tristeza e do choro na nossa vida.

Existem diversos tipos de choro, o da tristeza é o mais comum, porém, tem o choro de felicidade, de superação dos limites, o que vem das risadas intensas. Assim como existem os choros manipuladores, melindrosos etc.

Por isso que o autor da frase fez questão de escrever a expressão “às vezes”, porque existe essa amplidão de choros!

=> Clique aqui para ler o texto completo

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O pensamento vê o mundo melhor que os olhos

Por Isaias Costa

mente-borboletas

“O pensamento vê o mundo melhor que os olhos. O pensamento atravessa as cascas e alcança o miolo das coisas. Os olhos só acariciam as superfícies. Quem toca o bem dentro de nós é a imaginação”.

Bartolomeu Campos de Queirós

Essa linda passagem do livro “O olho de vidro do meu avô”, de autoria desse incrível escritor mineiro, traz diversas reflexões interessantes. Acredito que para as pessoas mais idosas talvez traga até certo saudosismo do tempo em que não existia televisão…

Antigamente, as novelas eram transmitidas por rádio e suas histórias se desenrolavam tais quais as novelas atuais, com essa preciosa diferença na qual todas as cenas eram imaginadas pelos ouvintes. Por exemplo, a personagem Teresa, que se casaria com o Marcos, era imaginada de um jeito diferente por cada pessoa, e isso fazia com que existisse uma forma muito peculiar e criativa de se acompanhar uma novela.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A cultura na visão de Frei Betto e sua avó

Por Isaias Costa

69024055_2358840770903070_6244795234778087424_n

O escritor Frei Betto tem um livro chamado: “Minha avó e seus mistérios”, no qual se inspira nas lições que aprendeu com sua sábia avó. Num dos textos do livro ele compartilha uma dessas preciosas lições. Veja!

********

Jamais se envergonhe de sua cultura. Ela é a sua raiz e identidade. Quem é mais culto: o professor de física quântica ou a cozinheira analfabeta que lhe prepara manjares de dar água na boca? Lembre-se: não existe ninguém mais culto do que outro. Existem culturas distintas e socialmente complementares.

E arrematou:

– Para sobreviver, o professor de física quântica depende mais da cultura da cozinheira analfabeta do que ela dos conhecimentos dele.

Frei Betto

=> Clique aqui para ler o texto completo

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

É duro ser amado quando não se ama mais

Por Isaias Costa

depresso12

“É evidentemente muito duro já não ser amado quando ainda se ama. Mas, pior do que isso, é sê-lo quando não se ama mais.”

Georges Courteline

Essa linda frase desse escritor francês é muito profunda e traz uma perspectiva que raramente é levantada, a dor da pessoa que é amada sem que exista essa reciprocidade.

Existem milhares de músicas de amor que falam sobre a tristeza, a raiva, a mágoa por ter sido deixado, abandonado etc. Mas é raro ver alguma música que na letra mostre a dor de saber que a outra pessoa ama, porém não existe esse amor recíproco. Mas sabe que isso faz todo sentido? Vou explicar!

Existe uma verdadeira epidemia de pessoas que se fazem de vítimas em tudo. Têm uma falsa visão de que sofrem mais do que as outras, de que são injustiçadas, de que são muito boas para merecerem ser mal tratadas.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

As prioridades de uma pessoa revelam o que importante para ela

Por Isaias Costa 

0_FDPMXHbE0m_lnWBB_

Através das palestras do filósofo Mario Sergio Cortella e diversas leituras, aprendi algo que levo profundamente comigo, o conceito de prioridade. Ele costuma dizer: “Quando uma pessoa diz que não tem tempo para alguma coisa, na realidade ela está dizendo que aquilo não é prioritário para ela, não é importante”.

Tem um pensamento muito bonito do escritor Rick Warren, que vai nessa linha e nos ajuda imensamente a compreender melhor nossas prioridades! Leia com bastante atenção!

******

“A importância das coisas pode ser medida pelo tempo que estamos dispostos a investir nelas. Quanto maior o tempo dedicado a alguma coisa, mais você demonstra a importância e o valor que ela tem para você. Se você quiser conhecer as prioridades de uma pessoa, observe a forma como ela utiliza o tempo”.

Rick Warren

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O Que é Minimalismo?

Por Juan O’Keeffe

minimalismo

O tema do minimalismo é fascinante e nunca escrevi aqui no blog diretamente sobre ele. Compartilho então esse texto do meu amigo Juan O’Keeffe que exprime de forma simples e objetiva essa filosofia. Espero que gostem!

**************

A palavra minimalismo tem ganhado bastante popularidade recentemente. Muitos tem promovido o minimalismo como um estilo de vida que vale a pena ser seguido.

Eu particularmente achei fantástico esse conceito. Me pegou e já está fazendo parte do meu dia a dia faz um tempo.

Então achei que seria legal escrever sobre isso para deixar claro do que se trata e como podemos nos beneficiar.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A gula não se resume a comer muito

Por Isaias Costa

b2bb99_de2489ed172349efa12329d7e661960b_mv2_d_1772_1336_s_2

Quando se fala em gula o primeiro pensamento que nos vem é comida não é mesmo? Mas uma coisa que a grande maioria das pessoas não sabe é que a gula não se resume apenas a comer muito, vai muito mais além, e quero nesse texto ampliar a reflexão.

A palavra gula é praticamente um derivado da palavra goela, que por sua vez é sinônimo de garganta, que faz conexão com o esôfago, canal que leva os alimentos até o estômago. É por isso também que tentemos a pensar na gula como o ato de comer em excesso.

Uma análise psicológica profunda necessariamente nos remete à infância e nossos primeiros anos de vida. A vontade de comer demais sempre está ligada a alguma carência afetiva. Até os 2 ou 3 anos a criança se encontra no que Sigmund Freud denominou de fase oral, na qual experimentamos o mundo e as sensações de prazer e desprazer através da boca.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Revisar e Revisitar: belas ferramentas de autoconhecimento

Por Isaias Costa

Revisitar

De vez em quando eu revisito textos que escrevi há bastante tempo e em muitos deles, faço revisões, acrescento algo, retiro trechos, troco algumas palavras etc.

Fiquei refletindo no quanto esse processo tem uma relação direta e profunda com o autoconhecimento. Quero ampliar essa reflexão com você que me lê agora!

Acho muito bonitas as palavras do filósofo Mario Sergio Cortella sobre não nascermos prontos: “A gente não nasce pronto e vai se gastando. A gente nasce não pronto e vai se fazendo…”.

Vejo isso o tempo todo no meu processo de autoconhecimento e amadurecimento. Pegando a escrita como exemplo, percebo que mudei bastante a forma de escrever do início até agora e certamente ainda mudarei outros aspectos nos próximos anos. Até vários assuntos mudaram. No começo eu escrevia diversos textos com viés motivacional e empreendedor, mas que hoje vejo os mesmos assuntos de forma mais ampla e multifacetada.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

7 pérolas de sabedoria que aprendi com Mario Sergio Cortella

Por Isaias Costa

_104338214_crditos_chicomax

Estou publicando esse texto como uma pequena homenagem ao aniversário de 65 anos do professor e filósofo Mario Sergio Cortella, nascido em 05/03/1954. Desde 2013 venho lendo diversos livros seus e ouvindo suas palestras e comentários.

Ele é um senhor admirável, não apenas pelo conhecimento enciclopédico que tem, mas acima de tudo, pelos valores humanos que construiu ao longo de sua trajetória de vida tão bonita.

Farei uma breve reflexão sobre 7 pérolas de sabedoria que aprendi com ele.

Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

As pessoas belas não surgem do nada

Por Isaias Costa

1-envelhecer

Li algumas palavras da querida psiquiatra e escritora Elisabeth Kübler-Ross que me fizeram refletir bastante sobre as pessoas que mais admiramos na vida e o quanto elas nos ensinam.

********

“As pessoas mais belas com as quais me encontrei são aquelas que conheceram a derrota, conheceram o sofrimento, conheceram a luta, conheceram a perda e encontraram sua forma de sair das profundezas. Estas pessoas têm uma apreciação, uma sensibilidade e uma compreensão da vida que nos enche de compaixão, humildade e uma preocupação amorosa profunda. As pessoas belas não surgem do nada”.

Elisabeth Kübler-Ross

=> Clique qui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized