Arquivo da tag: perspectivas

Um novo olhar sobre o entretenimento

Por Isaias Costa

Esses dias me peguei refletindo sobre o verbo “entreter” e o que se deriva dele, o “entretenimento”. Que significa basicamente ter momentos de desopilar, ou se divertir.

Não sei se alguém já refletiu sobre esse verbo fazendo esse trocadilho, mas eu o achei super coerente. Perceba! ENTRE + TER. Ou seja, a gente se entretém quando está no intervalo do nosso trabalho, da nossa labuta diária. O que, se prestarmos mais atenção, pode ser visto como uma espécie de fuga, uma espécie de desconexão da realidade, do aqui e agora.

Eu amo as raízes das palavras. Entretenimento é sinônimo de diversão no dicionário. Veja só! Diversão em sua raiz significa “duas versões”. Tem tudo a ver com entreter. É como se uma versão de mim ficasse reservada para o trabalho e outra versão para a vida fora do trabalho.

Será que precisa realmente ser assim? Quero lhe levar a questionar isso! Há muitos anos eu venho conscientemente buscando trabalhar com o que eu amo, que é a EDUCAÇÃO. Minha vida como um todo está em contribuir pela educação com o máximo de pessoas que eu puder.

Mesmo quando busco algo pra me divertir, busco coisas que sejam inteligentes e que contribuam de alguma forma com o meu crescimento humano.

Por exemplo! Se no seu entretenimento você faz uma viagem de final de semana. Que tal visitar algum museu e conhecer mais a história daquela cidade? Ou então relaxar ficando mais em contato com a natureza? Isso é uma forma magnífica de transformar o entretenimento em algo significativo entende?

No meu caso, um dos meus entretenimentos é andar de bicicleta pelas ruas da minha cidade. Uau! Nesses momentos eu me desconecto dos estresses do dia a dia, tenho profundos insights muitas vezes e ainda melhoro meu condicionamento físico e minha saúde!

Leve essas reflexões para o seu contexto e se questione. Será que você está se entretendo apenas para se desconectar do seu personagem trabalho? Ou se entretem com algo que está além do mero ter?…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma maneira simples e didática de entender o burnout

Por Isaias Costa

Esses dias estava assistindo a uma linda live no Instagram com o querido mentor de comunicação Felipe Suhre e a consteladora familiar Anna Patrícia Chagas e num determinado momento ela falou algo que achei tão incrível que quis compartilhar com você que me lê agora.

Ela utilizou uma linguagem bem lúdica para chamar o cansaço de um personagem real, como se fosse uma pessoa e que vai duelar com você. Se o cansaço chega pra brigar com você e você quer derrotá-lo sabe o que precisa? Simplesmente DES-CANSAR, ou seja, dormir, ou relaxar ouvindo uma música, ou fazer uma massagem, algo que te tire desse cansaço!

Assim ele simplesmente vai embora e você o derrota. Porém, sabe o que faz com que ele vença o duelo? Nossa insistência! Estamos cansados, o corpo já deu todos os sinais possíveis e imagináveis e não o ouvimos. Dormimos menos horas do que precisamos, acordamos cansados, ficamos com um apetite voraz, perdemos o foco com facilidade e por aí vai. Isso é o senhor cansaço mostrando suas garras!

Se não o respeitamos e vencemos esse duelo com o descanso, aí ele vence a batalha! Sabe o nome que se dá pra essa vitória? BURNOUT, palavra que vem do inglês e deriva de “incêndio”. É quando ficamos tão esgotados, mas tão esgotados, que somos obrigados por um médico a parar tudo e cuidar da nossa saúde! E depois perceber que não precisava desse esforço hercúleo!

Que tal a gente perceber bem os sinais do cansaço e fazer diferente a partir de hoje? Assim esse senhor cansaço jamais vencerá essa batalha convidando o desagradável senhor burnout para a sua vida…

*****

P.S. E se você quiser se aprofundar assistindo a essa live que comentei no início, fique à vontade! Garanto que será 1h do seu tempo muito bem investida…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Abrace os seus objetivos de hoje

Por Isaias Costa

“Não coloque objetivos longe demais de suas mãos, abrace os que estão ao seu alcance hoje. Se anda desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares, busque em seu interior a resposta para acalmar-se. Você é reflexo do que pensa diariamente.”

Autoria desconhecida

No dia em que publico esse texto estava relendo essas belas palavras que desconheço o autor, mas que nos trazem reflexões profundas e importantes.

Ainda estamos no mês de janeiro e por todos os lados vemos as pessoas e os influenciadores digitais nos bombardeando com as famosas “resoluções de ano novo”. Até escrevi no meu instagram pessoal @isaiascosta14 que pra esse ano de 2022 o que mais quero é me dedicar ao amor, quero amar mais do que em 2021! Com isso parafraseio o mesmo dos mestres Jesus: “E tudo o mais vos será acrescentado…”.

A resposta para todos os nossos problemas e dificuldades está dentro de nós mesmos e é somente através da paz e do silêncio que podemos encontrar as chaves que nos levarão às causas e ao entendimento de tudo o que nos aconteceu e continua acontecendo.

Não há nada errado, está tudo certo exatamente como se apresenta. É a nossa mente dominada pelo ego que insiste em nos auto-aprisionar nesse enredo que só foca no negativo em vez de ver as flores e belezas escondidas atrás das dores e sofrimentos!

O mestre Jesus dizia para nos focarmos no hoje: “para cada dia a sua cruz”. Por que será que mesmo mais de 2000 anos depois ainda não colocamos essa sabedoria na prática? Essa frase do início traz uma das palavras que mais amo na língua portuguesa: “acalmar-se”. Calma significa literalmente “com alma”.

Que tal deixarmos que a nossa alma nos guie? Que o amor conectado com essa alma seja a nossa bússola ? E que assim a gente possa resplandecer como as aves do céu ou os lírios do campo…

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Somos todos pecinhas de um imenso quebra-cabeça

Por Isaias Costa

Recentemente, assistindo a uma live do empreendedor Pedro Superti no Instagram, fiquei refletindo bastante sobre uma linda metáfora que ele trouxe e quero compartilhar com vocês. Ele comentava que somos todos como pecinhas de um imenso quebra-cabeça chamado humanidade!

Desde criança sempre amei os quebra-cabeças, ficava às vezes horas montando e desmontando. E veja que interessante! Quanto menos peças ele tem mais fácil e rápido para montá-lo, porém, quando aumentamos o número de peças vai ficando cada vez mais difícil e demorado para montá-lo!

Agora imagine que você tem um quebra-cabeça com quase 8 bilhões de peças. Uau! Você tem ideia do tempo que iria se levar para montá-lo completamente? Foi essa a proposta que o Pedro levantou.

Cada um de nós como seres humanos encarnados viemos para o planeta Terra com uma missão de vida muito clara, sendo esta missão única e insubstituível. E me utilizando da linguagem reencarnacionista, se nesta encarnação não conseguimos dar conta daquilo que viemos para manifestar, é como se repetíssemos de ano e teremos que retornar quantas vezes forem necessárias para que finalmente recordemos nossa missão e assim não mais percamos tempo…

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Ideias geniais contidas na crônica “Ostra feliz não faz pérola” de Rubem Alves

Por Isaias Costa

Esses dias estava assistindo a uma Live super bacana no Youtube com a Mariana Alves (neta do Rubem Alves) e a Raquel Alves (filha dele), no seu canal chamado “Arquiteta do sensível” e fiquei encantado com tudo que foi dito a respeito do livro “Ostra feliz não faz pérola” e da sabedoria do mestre Rubem Alves.

Num determinado trecho da Live, a Mariana falou algo sobre a crônica “Ostra feliz não faz pérola” que até então não tinha pensado e venho compartilhar com todos vocês nesse texto. Ela comentou que as ostras, de um modo geral, ficam bastante tempo com suas conchas abertas, mesmo com a possibilidade real de a qualquer momento algum grão de areia entre na sua carne frágil e cause uma dor imensa, dor esta que faz com que ela produza uma pérola para sarar o desconforto gerado pelo grão de areia.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Ser admirável é muito diferente de ser perfeito

Por Isaias Costa

Esses dias eu estava relendo essa linda frase do grande escritor José de Alencar e pensei na atualidade da sua mensagem. Nunca vivemos num tempo no qual as pessoas tivessem tanta ânsia, tanto desejo por se tornarem admiradas, elogiadas, vangloriadas, veneradas…

Talvez a prova maior disso sejam as redes sociais, em especial o Instagram, principal rede em 2021. Muitos tentam fazer o possível e o impossível para impressionarem, ou “lacrarem” que é um termo bem da moda! Sempre fico pensando na loucura desse termo “lacração”. O que isso significa? Algo completamente fechado, imutável, impermeável…

Veja como essa ideia pode ser levada pra ideia central desse texto! A palavra perfeição significa “feito por completo” e a palavra admiração significa “mirar pra frente”. Elas têm sentidos absolutamente distintos e quando bem analisados nos levam a perceber que a perfeição não só é impossível, como é danosa, deletéria, destrutiva…

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Para você, 2020 foi um ano “ufa” ou um ano “oba”?

Lendo o genial livro “O velho e o menino” de Roberto Tranjan, achei maravilhosa a reflexão levantada por ele em relação às interjeições “ufa” e “oba”. Ambas tem 3 letras, 2 vogais e 1 consoante, além de sons parecidos, porém representam contextos completamente diferentes. O “ufa” está ligado a alívio, término de um suplício. Já o “oba” está legado a alegria da conquista, a gratidão por ter conseguido, o triunfo merecido.

Então inevitavelmente pensei nesse ano de 2020 que está chegando ao fim (lembrando que estou escrevendo esse texto em meados de dezembro). Para muitas pessoas que insistem em ser pessimistas, catastrofistas, esse foi um ano perdido, um ano pra jogar pra debaixo do tapete, um ano de trevas. Essa é a galera do “ufa”! Já um grupo absurdamente menor vê a chegada do fim do ano como uma glória, uma bênção, uma dádiva. Estamos vivos! Se você está lendo esse texto é porque está vivo! Sobreviveu a todos os percalços desse ano. No mundo inteiro, mais de 1,6 milhão de pessoas morreram pela Covid (até a data de 14/12/20). É muita, muita gente!

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A vida é fruição, e não mera utilidade

Por Isaias Costa

“A vida não é para ser útil. Isso é uma besteira. A vida é tão maravilhosa que a nossa mente tenta dar uma utilidade para ela. A vida é fruição. A vida é uma dança. Só que ela é uma dança cósmica. E queremos reduzi-la a uma coreografia ridícula e utilitária. Queremos reduzi-la a uma biografia: alguém nasceu, fez isso, fez aquilo, fundou uma cidade, inventou o fordismo, fez a revolução, fez um foguete, foi para o espaço. Tudo isso, gente, é uma historinha tão ridícula… A vida é mais do que tudo isso. Nós temos de ter coragem de ser radicalmente vivos. E não negociar uma sobrevivência.”

Ailton Krenak

******

Essas lindas palavras do grande Ailton Krenak me trouxeram diversas reflexões que quero compartilhar com vocês nesse texto. Estamos vivenciando uma pandemia e no momento em que publico esse texto estamos nos aproximando do fim do ano. Foram muitos desafios, dores, sofrimentos, crises, dificuldades a serem superadas etc. Só de estarmos vivos é motivo mais do que suficiente para agradecermos! Centenas de milhares de pessoas não conseguiram sobreviver ao Covid-19 aqui no Brasil.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Um dos segredos do sucesso profissional de Fernando Scherer

Por Isaias Costa

Assistindo a uma Live especial do Pedro Superti no Instagram, na qual ele entrevistava o Fernando Scherer, mais conhecido por Xuxa, um homem que se tornou famoso aqui no Brasil por ter sido medalhista olímpico de natação. Nessa Live ele conta muita da sua trajetória de sucesso profissional e pessoal.

De uns anos pra cá ele fez uma verdadeira revolução na sua vida e vem trabalhando principalmente como palestrante e instrutor de meditação. Foi uma mudança quase que da água pro vinho. Ele falou muitas coisas interessantíssimas, porém uma em especial me tocou profundamente e quis compartilhar com todos vocês nesse texto.

Trata-se de uma baita lição sobre humildade e consciência dos campos sistêmicos familiares. Posso estar enganado, mas tenho a impressão de que o Fernando conhece vários princípios da Constelação Familiar, área terapêutica desenvolvida por Bert Hellinger.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

A raiva nada mais é do que a nossa perda de controle nas situações

Por Isaias Costa

Lendo o interessante livro “Psicologia da alma” do autor Joshua David Stone, fiquei encantado com uma perspectiva sobre o sentimento de raiva que até esse momento ainda não tinha parado pra pensar e venho compartilhar com todos vocês nesse texto. Ele diz no livro que toda raiva nada mais é do que a perda de controle nas situações do dia a dia e a tentativa de recuperar esse controle! Uau! É muito verdadeiro isso! Fiquei pensando em muitas situações nas quais eu me deixei dominar pela raiva e percebi que em 100% dos casos se verificou que foi uma perda do controle da situação!

Trarei aqui alguns exemplos genéricos e um que aconteceu comigo na mesma semana na qual escrevi esse texto! Pense num pai ou numa mãe que fica com raiva do filho ou filha após eles terem feito alguma danação! O que essa raiva representa? Que eles perderam o controle da situação e queriam que os filhos se comportassem de outra forma. A tentativa de recuperar o controle pode ser das mais diversas, pode ser uma simples conversa com eles, ou um sermão mais ríspido, ou mesmo colocá-los de castigo por um tempo.

=> Clique aqui para ler o texto completo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized