O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não

Por Isaias Costa

Covardia

Outro dia eu li uma pequena frase do pacifista Mahatma Gandhi e que me fez refletir bastante: “O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não.”

São apenas 9 palavras, mas de uma riqueza indescritível. Ele tinha muita autoridade para falar sobre a diferença entre medo e covardia, aliás, é interessante aqui frisar que o medo dosado é sim muito importante, porque ele surgiu na nossa vida como um mecanismo de defesa contra possíveis predadores, ou seja, nos primórdios da humanidade, o homem desenvolveu medos importantes como o do barulho intenso por exemplo, interessante não é?

O Gandhi era um homem que de fato aplicava na vida o conceito primordial de coragem, que significa “viver com o coração”. E uma pessoa se torna verdadeiramente corajosa quando ela vive a partir do seu coração e age APESAR DO MEDO.

Nunca esqueça isso: “A coragem não é a ausência do medo, é agir apesar do medo”. Essa frase nem coloco a autoria porque já li de dezenas de pessoas. Não sei quem a criou, mas ela é muito verdadeira e útil.

Pense comigo! Se você está com medo, mas age apesar do medo, isso é prova clara de que você está seguindo o seu coração, o caminho do coração.

Dentro de nós existe o tempo todo um conflito entre RAZÃO e EMOÇÃO. Quando somos dominados só pela razão, pensamos ser pequenos demais ou grandes demais, surge um extremo que não dosa todas as possibilidades de uma determinada escolha.

Quando somos dominados pela emoção, é muito comum nos paralisarmos, ficarmos nos sentindo impotentes e nos vitimizarmos.

Mais uma vez volto aqui a falar sobre a importância de se buscar o caminho do meio, o equilíbrio.

Para termos coragem e seguirmos o nosso coração precisamos ter razão suficiente para agirmos de acordo com as nossas possibilidades humanas e emoção o suficiente para acreditarmos no nosso potencial interno. Percebe como esse balanço é algo incrível?

Para conseguirmos esse equilíbrio em quase tudo na vida não é nada fácil! Só mesmo com muita busca pelo autoconhecimento. Mas hoje estou incentivando você a partir destas simples palavras.

Voltando à frase do Gandhi. É interessante conhecermos a raiz da palavra COVARDIA, que vem da palavra francesa couard e significa “com a cauda abaixada”. Em outras palavras, significa aquela pessoa que está “com o rabo entre as pernas”. Está paralisada, está incapaz de fazer qualquer coisa para reverter uma determinada situação.

As pessoas covardes quase sempre são aquelas que erram e colocam a culpa por seus erros em alguém. Se erram, já vem logo com milhares de argumentos dizer que errou porque fulano fez isso ou fez aquilo outro…

Se você prestar bastante atenção ao que estou colocando e também à origem desta palavra, vai perceber que existe um ar de infantilidade em quem é covarde, concorda comigo?

Quem consegue se tornar mais maduro, uma das primeiras coisas que aprende e põe em prática na vida é assumir os erros cometidos como sendo de sua total responsabilidade.

Nossa! Quem consegue isso já está com mais de meio caminho andado para se tornar corajoso. Acredite! É verdade! Guarde essas palavras. Eu acompanho o trabalho de grandes empreendedores e também leio muito sobre a sabedoria dos grandes mestres.

Todos eles são unânimes em dizer que a responsabilidade por nossas escolhas decisões e atitudes é 100% nossa. E quanto mais cedo aprendermos isso, colocando de fato em prática, mais a nossa vida pode dar grandes saltos de qualidade.

O interessante é que essa reflexão serve para absolutamente todos os campos da vida, seja ele familiar, amizades, relacionamentos amorosos, dinheiro, trabalho, lazer, espiritualidade… Se eu assumo a responsabilidade comigo mesmo em todas as minhas atitudes, certamente deixarei de ser um covarde e passarei a ser autor da minha própria história.

O mundo já está cheio de covardes. Estou publicando esse texto para acender uma luzinha em pelo menos alguns dos que estejam lendo.

E você? Tem sido corajoso ou tem sido covarde? Está seguindo o caminho do seu coração (coragem), ou está com o rabo entre as pernas (covardia)?

Opte pela coragem, por seguir o seu coração. Desta maneira a sua vida dará uma reviravolta positiva e cada minuto da sua existência ganhará um novo significado…

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s