A estrada menos trilhada

Por Isaias Costa

Hoje acordei ouvindo um rapaz que me inspira demais a escrever, estou falando do meu amigo Raul Seixas. Ouvindo suas músicas tão ricas de ensinamentos lembrei-me de um texto antigo do blog que fala sobre a CORAGEM e sobre COLOCAR A CULPA NO OUTRO. Aos que já leram e aos que não leram segue o link com ele…

A culpa é do outro

Nós precisamos ter coragem de ARRISCAR e de seguir um caminho que ninguém trilhou ainda ou que tenha sido o menos trilhado. Filosofando sobre isso eu me lembrei de um poema riquíssimo de um poeta chamado Robert Frost chamado “A estrada não percorrida”, este poema foi escrito em inglês e obviamente fica sem rimas quando traduzido, mas o importante e entender a sua mensagem…

Pra onde é que eu vou??

Pra onde é que eu vou??

“Duas estradas divergiam numa árvore amarela
E me ressenti não poder ambas percorrer
Sendo um só viajante, por muito me detive
E observei uma até quão longe pude
Só para observar que na relva desaparecia

 

Então segui pela outra, tão boa quanto,
E talvez por ter melhor reclame
Mais ramos possuía e talvez por ansiar uso
embora, quanto a isso, o caminhar, no fim,
as tivesse marcado por igual.

 

E, naquela manhã, em ambas igualmente jaziam
Folhas que passo algum pisara.
Ó deixei a primeira para outro dia!
E sabendo que um caminho leva a outro caminho
Duvidei se algum dia eu voltaria.

 

Isto eu hei de contar mais tarde, num suspiro
Em algum ponto, eras e eras ainda nesta existência,
Duas estradas bifurcavam numa árvore,
Eu trilhei a menos percorrida,
E isto fez toda a diferença.”

           

Este poema traz grandes ensinamentos, mas o seu maior ensinamento é o da CORAGEM. A maioria das pessoas quer seguir o caminho já trilhado, por ser o caminho mais fácil. Isso tem uma profunda relação com algo que já escrevi tempos atrás, a MEDIOCRIDADE. O caminho mais fácil é o caminho dos medíocres. Você quer seguir sempre o caminho mais fácil por causa do medo de fracassar? Quer seguir a estrada já trilhada para ter segurança? Perceba a sutileza de Robert Frost ao dizer: “Eu trilhei a menos percorrida, e isto fez toda a diferença”. Ele está dizendo em outras palavras isso aqui: “Eu não fui um medíocre, por isso eu me destaquei...”. Isso é um poema, se ele usasse essas palavras que acabei de colocar iria assustar todo mundo e ninguém jamais leria os seus poemas. Entende o que estou querendo dizer? Ele é um rapaz bem esperto. Eu gosto do Raul Seixas por isso também, muitas vezes ele esculachava os medíocres em suas músicas, mas somente aqueles que têm sensibilidade para os seus ensinamentos conseguem captar, porque ele colocava estas mensagens nas entrelinhas…

A mediocridade das pessoas

Vou ser bem breve hoje, quero deixar um ar de reflexão e a profundidade das palavras deste grande poeta…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “A estrada menos trilhada

  1. Relevante tema. A mediocridade é que faz com que a situação atual de nossa sociedade se perpetue. De fato poucos querem enxergar a realidade como ela é e seguir novos caminhos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s