Sabedoria e Conhecimento

Por Isaias Costa

sabedoria

Sabedoria e o Conhecimento são duas palavras absolutamente diferentes e cada vez mais me dou conta desta grande verdade. Uma pessoa pode ser extremamente sábia e não ter conhecimento e alguém pode ter um conhecimento vastíssimo e não ter sabedoria.

Quero compartilhar algumas palavras de um místico oriental que leio constantemente, o Osho:

“O conhecimento gratifica o ego. A sabedoria só acontece quando o ego desaparece, é esquecido. O conhecimento pode ser aprendido — as universidades existem para lhe ensinar. A sabedoria não pode ser aprendida, ela é como uma infecção. Você tem que ficar com um sábio, tem que andar com ele, e só então algo começará a se agitar dentro de você.

Quando você é capaz de ver o espelho da sua alma sem a poeira do conhecimento, quando sua alma não está coberta pela poeira do conhecimento, quando ela é somente um espelho, reflete aquilo que é. Isso é sabedoria. Esse reflexo do que é corresponde à sabedoria.

A sabedoria não tem nada a ver com conhecimento, absolutamente nada. Ela tem algo a ver com inocência. Algo da pureza do coração é necessário, algo da vastidão do ser é necessário para que a sabedoria cresça.”

Ele começa falando sobre o ego. Falar sobre o ego é bem complexo, porque todos nós temos, em maior ou menor grau. Eu já fui e ainda sou dominado pelo ego muitas vezes em minha vida, mas sempre gosto de parar e refletir sobre onde eu estou, para onde estou indo, se estou indo pelo caminho certo, se não estou sendo precipitado, se estou ouvindo as pessoas que eu amo, se estou vivendo o momento presente, se não estou me preocupando demais com coisas do futuro, etc. Todas essas reflexões me ajudam a frear o ego, que muito facilmente pode se exacerbar. Eu já falei uma vez e vou repetir, a forma que eu descobri que mais me ajuda a não ser dominado pelo ego foi viver o hoje mais plenamente. Se quiser ler um pouco mais sobre isso vou deixar os links.

O ego do ser humano- Parte 1

O ego do ser humano- Parte 2

Essa reflexão do Osho é bastante profunda, mas de fácil compreensão, por isso não vou me estender. Quero concluir falando um pouco sobre suas palavras finais.

“A sabedoria não tem nada a ver com conhecimento, absolutamente nada. Ela tem algo a ver com inocência. Algo da pureza do coração é necessário, algo da vastidão do ser é necessário para que a sabedoria cresça.”

Quando ele fala da inocência está justamente falando sobre o caminho oposto ao ego, que é a abertura do coração. Esta inocência é o coração aberto ao acolhimento do saber e das experiências, e a sabedoria nasce disso, de você ter o coração aberto e sereno. Esta frase me faz lembrar um dos livros que mais me ensinou: “O pequeno príncipe”. Sua mais célebre frase diz: “Só se enxerga bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos”. Enxergar com o coração é o caminho para a sabedoria, e a sabedoria é uma das virtudes essenciais na vida, sendo, portanto, invisível aos olhos, mas bem visível no coração.

Que neste dia você desenvolva mais essa sensibilidade para enxergar com o coração, para crescer na sabedoria e para se desvencilhar um pouco mais do ego…

* Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s