Tenha coragem de mudar!

Por Isaias Costa

mary-poppins

Uma das coisas que mais me faz ser apaixonado pelas palavras do mestre Rubem Alves é saber que eu estou seguindo um caminho cheio de curvas e desvios, parecido com o que ocorreu com ele.

Todas as curvas de seu caminho tiveram como objetivo a busca por uma vida cada vez mais plena e feliz. Estou fazendo o mesmo! Já fiz diversas mudanças e sinto que estou cada vez mais crescendo como ser humano e vivendo de maneira mais plena, mais atenta, menos dependente, mais vinculado ao simples, ao belo, à natureza.

Para mim, não há beleza maior que a simplicidade e repetirei isso inúmeras vezes.

Quero compartilhar um texto belíssimo e profundamente instigante! Você tem coragem de mudar e correr atrás dos seus sonhos? Você largaria uma carreira que já está estruturada para seguir os seus sonhos mais profundos? Você abriria mão de uma reputação, de um currículo, de seus títulos, para fazer aquilo que mais ama e não teve a devida coragem de ir atrás?
Esse texto fala sobre isso e muito mais. Leia com atenção!

“Sobre a coragem de mudar”- Por Rubem Alves

Em tempos passados o normal era que um jovem escolhesse uma carreira e permanecesse nela até morrer, ainda que ela não lhe desse felicidade, tal como acontecia também com os casamentos. Para sempre, até que a morte os separe. Uma coisa boa dos tempos em que vivemos, a despeito de todas as suas confusões, é que as pessoas descobriram que é possível mudar a direção do vôo. Nada as obriga a voar sempre na mesma direção até o fim. Eu mudei minhas direções várias vezes e não me arrependo.

Meu amigo Jether era um próspero dentista na cidade do Rio de Janeiro. Estava ficando rico. Riqueza dá segurança. Segurança dá tranqüilidade à família. Mas enquanto ele olhava para o mundo delimitado pelos dentes dos seus clientes, a sua alma voava por outros mundos! E foi assim que, num belo dia, ele resolveu voar. Chegou em casa e comunicou à esposa Lucília: “Meu bem, vou vender o consultório”. E assim, com mais de quarenta anos, voltou para a estaca zero e foi se preparar para o vestibular… E ele seguiu um caminho feliz! Está com 82 anos, tem cara de 60, disposição de 40 e leveza de criança! Cada profissão delimita um mundo: há o mundo dos advogados, dos dentistas, dos engenheiros, dos professores, dos médicos, dos músicos, dos artistas, dos palhaços, do teatro.

O jovem estudante do filme Sociedade dos poetas mortos sonhava em ser artista de teatro. Mas seu pai havia mirado seu arco para a medicina… Dezoito ou dezenove anos é muito cedo para definir o que se vai fazer pelo resto da vida. Esse é um tempo de procuras, indefinições, sonhos confusos. É normal que, ao meio do curso universitário, o jovem descubra que tomou o trem errado e se disponha a saltar na próxima estação. É angústia para os pais. Claro, porque o que eles mais desejam é ver o filho formado, empregado, ganhando dinheiro. Isso lhes daria liberdade para viver e permissão para morrer… Mas não seria terrível para ele – ou ela – se, só para não “perder tempo”, “só para não voltar ao início”, continuasse até o fim? Se não quero ir para as montanhas, se quero ir para a praia, por que continuar a dirigir o carro pela estrada que vai para as montanhas?

Pais, não fiquem angustiados. Sua angústia é inútil. E nem fiquem com a ilusão de que o diploma dará emprego ao filho. Não dará. Assim é melhor ir devagar seguindo a direção que o coração manda. O difícil, para os pais, será se o filho, no último ano de direito, lhes comunique:

“Descobri que não gosto de Direito. Vou estudar para ser palhaço!” Aí posso imaginar o embaraço do pai e da mãe quando, em meio a uma reunião social, quando se fala sobre os filhos, alguém lhes dirija a palavra e diga: “Meu filho está no Itamarati. Vai ser diplomata. E o seu?” Resposta: “O nosso está no circo. Vai ser palhaço…” Cá entre nós: não sei qual profissão dá mais felicidade, se a de diplomata ou se a de palhaço…

=> Sugestões de leitura

* E-book gratuito: Descobrindo um novo sentido no viver
* A palavra coragem
* A voz do coração e a voz dos outros
* Fazer a vida valer a pena
* A vida é muito curta para ser pequena

  • Para ouvir a leitura desse texto basta clicar [aqui]
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Tenha coragem de mudar!

  1. Ricardo Scona

    Confesso que tenho procurado essa coragem, e sei que vou encontra-la!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s