Os animais são nossos mestres

Por Isaias Costa

10710519_462116027259442_3664527298952433480_n

Eu gosto muito de observar a natureza, as árvores, os mares, as paisagens, as pessoas e logicamente, os animais também.

Nesse texto falarei sobre algo que acredito mesmo e que para algumas pessoas mais religiosas pode até soar como uma blasfêmia. Eu acredito que os animais que vivem neste planeta são mestres na nossa vida, porque eles de fato nos ensinam as maiores verdades da vida de forma simples e o melhor de tudo, despretensiosa, como costumamos fazer.

Para refletirmos melhor sobre isso, compartilho algumas palavras do místico oriental Osho.

“Os animais não têm ansiedade. A memória não os perturba e as imaginações não agitam seus corações. Eles são simples. A existência não tem qualquer complexidade para eles. Quando eles vivem, eles vivem. Quando eles morrem, eles morrem. Eles são inocentes. O tempo não chegou para corromper o ser deles. Mas o homem vive no tempo. Ele é consciente de que ele é, mas ele não é consciente de quem ele é. E isso se torna um grande problema. Quem sou eu?”

Osho

Percebe? Todos os animais sabem VIVER O HOJE, não há ansiedade quanto ao futuro nem rancor quanto ao passado, para eles apenas o hoje importa, apenas o agora é importante. Esse já é motivo mais do que suficiente para que eles sejam nossos mestres.

Como diria o filósofo Mario Sergio Cortella, nós humanos somos os únicos animais que morrem e sabem que um dia vão morrer, porém, em vez de isso nos fazer viver a vida ainda com mais sentido, parece que acontece o contrário, desperdiçamos o tempo e nossas energias com futilidades e literalmente, agredindo o corpo de “n” formas diferentes.

Os animais não ficam se matando de trabalhar 12 h por dia como a maior parte dos seres humanos, principalmente nos países capitalistas, fazem. Eles não querem amarrar uma pessoa como se fosse uma posse que ninguém pode chegar perto como muitos apegados doentios fazem. Eles não se entopem de comer até que depois fiquem vomitando e passando mal como muitos de nós fazemos. Eles não acumulam bens e coisas que só virarão traças como milhões e milhões de mesquinhos fazem etc. etc.

Quem serão os mestres? Quem sou eu? Quem é você?

Essas perguntas que jamais terão respostas definitivas nem sequer passa pela mente dos animais. Eles são muito felizes, não precisam disso para conhecerem o sentido da vida.

Todos nos perguntamos “Qual o sentido da vida?”, “O que é a vida?”, “De onde vim?”, “Pra onde vou?”…

Será que todas essas perguntas realmente precisam ser respondidas? Eu acredito que os verdadeiros mestres são aqueles que não ficam se descabelando com essas questões tão profundas.

Os verdadeiros mestres são aqueles que, em vez disso, VIVEM, isso mesmo! Vivem! Você vivi? Você sente o pulsar do seu coração na sua caixa torácica? Você sente a sua respiração? Você sente o amor dos seus filhos? Dos seus pais? Sente a beleza dos dias? Da natureza? Sente o gosto maravilhoso da água que você bebe? Da comida quentinha na hora do almoço? Do vento suave pela manhã? Do cheirinho de café terminando de ficar pronto?…

Para mim, a maior iluminação que pode existir é VIVER O MOMENTO PRESENTE em toda a sua plenitude. Sentir a viver! SENTIR. O sentido da vida é um sentimento, não é algo racional, não é algo que se traduz por uma equação.

Sentido da vida => Sentir, sentimento.

Que essas poucas palavras tenham feito você refletir! Será que não estamos procurando os mestres errados?

Quem são os seus mestres? Termino esse texto com esse questionamento! Pense um pouco e enumere os seus mestres! Eu tenho milhões, bilhões, trilhões de mestres. E você?…

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “Os animais são nossos mestres

  1. Manuela

    Linda mensagem, Isaias Costa. Eu também tive e continuo tendo muitos mestres, em cada momento que surge uma oportunidade, mesmo nos momentos difíceis.
    Sou grata a tudo que vivo e a todas as relações que vivi e muitas chegaram ao fim, como as que acontecem, atualmente.
    Li certa vez, que somos alunos e mestres ao mesmo tempo. Sendo assim, tento contribuir, dentro do que é possível para mim, para tudo e todos também, com a humildade de reconhecer que, na minha visão, sou a única responsável pelas escolhas que faço em minha vida, logo, não existe motivo para acreditarmos que os outros são culpados, quando sofremos. Até sofrer, pode ser uma lição de vida, que não estamos encarando, como uma escolha nossa e uma oportunidade de amadurecimento emocional. Um grande abraço. Desejo a Você, contínuos momentos de Alegria, Saúde, Sucesso, “Luz” e Paz.

  2. Lúcia

    Isaias,que texto lindíssimo!
    Viver bem e com toda plenitude é uma arte que todos deveriam cultivar e aprimorar.E, só podemos aprender com grandes Mestres,como Osho,que passou pela terra e, como um ser iluminado deixou seu caminho de luz e sabedoria.Seus ensinamentos haverão de se perpetuar para o bem de toda a humanidade.
    E, quem tiver ouvidos que ouçam suas palavras iluminadas de ensinamentos para o aprimoramento de nossa caminhada.
    Viver o momento presente com toda a plenitude! Sentir a vida,o coração pulsar por tudo que é belo. Sentir a vida! Viver o hoje,aqui e agora!
    Eis a grande sabedoria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s